v. 6, n. 12 (2017)

O segundo número de 2017 consolida um dos objetivos principais da revista ao longo desse percurso, fomenta o espaço de publicação e divulgação de trabalhos discente de diversos graus. Ademais, tem apoiado eventos realizados pelxs acadêmicxs do Departamento de Filosofia.

Neste número, além dos artigos selecionados, trazemos um dossiê dedicado ao panorama estético, coordenado pela Professora Priscila Rufinoni, bem como lança um espaço de debate sobre práticas acadêmicas.

Dentre os artigos selecionados, temos de Vítor Rodovalho Amaral, acerca da essência do homem na religião através do estudo das teses de Feuerbach, ainda salienta os diversos trabalhos ligados a uma das linhas de pesquisa da pós-graduação da Universidade de Brasília. Igualmente, o artigo de Gabriel Martins Ferreira, graduado em Filosofia por esta universidade, cujo eixo temático, a ideia de autodeterminação da vontade, lança luz sobre noções basilares da doutrina ética de Kant como liberdade e dever.

Em seguida, Ricardo Moreira Lacerda, graduado em Ciências Políticas, expõe a teoria democrática de Hans Kelsen, investiga como os princípios da liberdade e igualdade são justificados na construção da democracia e como podemos relacioná-los a sua teoria.

Recebemos também contribuição do recém-mestre em psicologia Henrique Campagnollo D’Ávila Fernandes, a qual examina a questão da alucinação auditiva, um fenômeno tematizado desde a antiguidade. Demonstra que também é possível o exame pela filosofia a fim de possibilitar a abertura de sentido do fenômeno.

Por fim, o graduado em filosofia Alexandre Gomide Xavier, escreve sobre o problema das utopias ideológicas. Será possível uma fundamentação ética das utopias? Será possível superar as adversidades do ser humano sem resultar em caminhos tortuosos?

A capa e o ensaio visual que acompanha as aberturas do expediente, do editorial e da apresentação do dossiê são de Matheus Pereira, estudante do curso de Teoria Crítica e História da Arte, da Universidade de Brasília. As estruturas do cotidiano da cidade se transformam em uma geometria em preto e branco, tornando o familiar estranho.

Edição completa

Ver ou baixar a edição completa PDF

Sumário

Expediente

Expediente
 
PDF
1-4

Editorial

Editorial
 
PDF
5-7

Artigos

Vítor Rodovallho Amaral
PDF
8-17
Gabriel Martins Ferreira
PDF
18-33
Ricardo Lacerda
PDF
34-47
Henrique Campagnollo Dávila Fernandes
PDF
48-68
Alexandre Gomide Xavier
PDF
69-79

Dossiê

Foto de Matheus Pereira
PDF
80
Priscila Rufinoni
PDF
81-82
Fabrício Lemos da Costa
PDF
83-97
Jéssica Cordeiro
PDF
98-104
Andressa Liz Menezes Ferro
PDF
105-114
Guilherme Grané Diniz
PDF
115-127

Ensaios e práticas pedagógicas

 
PDF
128-132
 
PDF
133-137

Projetos de Iniciação Científica

LISTA de PIBICs - FILOSOFIA 2017/2018
 
PDF
138-139