Derrubando o muro entre a universidade e a escola. – Uma palavra da prática do Programa de Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência, Pibid.

Vinícius Silva de Souza, Paula C. Moreira Calazães, Patrick Saldanha, Vitória Nara de Freitas Paulo

Resumo


 

Resumo: A transversalidade da filosofia ajuda no desenvolvimento de uma proposta de trabalho mais inclusiva e interdisciplinar. Portanto, o ensino da filosofia hoje participa da vida acadêmica da educação básica brasileira e sua atuação ajuda na formação de futuros cidadãos críticos, participativos, questionadores e aflitos de conhecimento. Buscar um diálogo entre as teorias filosóficas e os estudantes do Ensino Médio não se apresenta, portanto, em um primeiro momento como uma tarefa fácil, mas sim, desafiadora. Entretanto, uma ferramenta de auxílio para esse desafio do ensino da filosofia é a presença do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – Pibid, o qual garante a participação do ensino superior dentro das escolas da educação básica. 

 

Palavras-chave: estudantes; pesquisa; ensino de filosofia; estagiários; projetos.


Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2017 Pólemos



ISSN 2238-7692

Licença Creative CommonsPólemos de Revista de Estudantes de Filosofia da UnB é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.

Baseado no trabalho em www.seer.bce.unb.br.