• PHYSICAE ORGANUM v. 5, n. 2 (2019) - ARS GRATIA PHYSICAE ARS GRATIA PHYSICAE
    v. 5 n. 2 (2019)

    Lançamos mais um número da Revista Physicae Organum. Com isso, mantemos nossa missão de fomentar trabalhos relacionados com ações pedagógicas no Ensino de Física, tanto voltadas para o Ensino Superior, quanto direcionadas para o Ensino Médio. Neste número, apresentamos um artigo muito interessante sobre simulações em Física (Fluidos), artigos sobre o ensino de Física no Ensino Médio e outras abordagens. Esperamos que tais discussões sejam de grande utilidade para a comunidade acadêmica.

     

    Atenciosamente, os Editores.

  • PHYSICAE ORGANUM v.5, n.1 (2019): FÍSICA E SOCIEDADE FÍSICA E SOCIEDADE
    v. 5 n. 1 (2019)

    A Physicae Organum vem, a partir deste número, com novo leiaute. Com a adesão de novos editores à equipe, foi feita uma repaginação total da apresentação da revista. Esperamos que o leitor aprove.

    Este número conta com diversos artigos, o que indica que a revista tem sido prestigiada por professores e estudantes de variadas universidades. A temática "Física e Sociedade" indica a abrangência e a articulação dos temas da revista às diversas áreas aplicadas da ´física, em particular ao ensino.

    Atenciosamente,

    Os Editores.

  • Physicae Organum v.4, n. 2 (2018) - 4 anos QUATRO ANOS DE PHYSICAE ORGANUM
    v. 4 n. 2 (2018)

    Este é mais um número da Physicae Organum, completando agora quatro anos de atividades. Agradecemos nossos autores, leitores e avaliadores pela constante colaboração. Desejamos a todos uma boa leitura.

  • Capa da Physicae Organum DINÂMICAS
    v. 4 n. 1 (2018)

    Esta é mais uma edição da Physicae Organum.

    Neste número apresentamos artigos sobre Termodinâmica, Mecânica de Nambu, Eletromagnetismo e Eletrodinâmica. Também apresentamos um artigo, na seção de artigos convidados, do professor Portilho, tecendo considerações sobre religião, na perspectiva de um físico. Na seção de artigos apresentamos três artigos que certamente irão despertar grande interesse em nossos leitores.

    Esperamos que este número possa representar momentos de leitura instigante e reflexiva em todos.

    Atenciosamente,

    L.S.F. Olavo, editor gerente

  • Capa da revista XI SEMANA DA FÍSICA
    v. 3 n. 2 (2017)

    Nesta Edição da Physicae Organum estamos publicando, além dos artigos normais e convidados, os trabalhos que foram apresentados na Semana da Física de 2016. São diversos trabalhos abordando assuntos variados. A Physicae Organum se orgulha de poder publicar, em conjunto com o PET-Física da Universidade de Brasília, tais trabalhos. Esperamos que este seja o início de uma longa tradição.

    Estão todos convidados, portanto, a buscar em nosso sumário aqueles artigos que possam ser de interesse. Que tais artigos possam sucitar debates de futuros desenvolvimentos do conhecimento.

     

    Atenciosamente, Olavo L.S.F.

    Editor Gerente

    Semana da Física - Apresentação

    A Semana da Física é um evento anual, que teve início em 2005, assim tendo sua décima primeira edição em 2016. Ela se enquadra na Semana Universitária da Universidade de Brasília, a qual ocorre anualmente no segundo semestre. Em sua edição anterior, a Semana Universitária contou com duzentas e noventa e uma atividades organizadas por vários cursos da Universidade.

    As Semanas da Física são realizadas por iniciativa do grupo do Programa de Educação Tutorial do curso de Física (PET-Física) da Universidade de Brasília (UnB), Direção do IF - através da Comissão Organizadora e Comitê Científico-, Pós-Graduação em Física do IF, Pós-Graduação em Ensino de Física-MNPEF-IF e Centro Internacional da Física da Matéria Condensada (CIFMC). Em edições anteriores, já contou com a participação do grupo de Ensino de Física, do Museu de Ciência e Tecnologia de Brasília e do grupo do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) do curso de Física.

    O evento envolve os três pilares do Ensino Superior, os quais são englobados em sua programação: Ensino, Pesquisa e Extensão. As atividades são voltadas para um ou mais pilares, assim promove difusão de aprendizados e complementação do conhecimento. Elas se encaixam em diversas sortes de moldes: palestras, mini-cursos, oficinas de experimentos, mesas redondas, apresentações de pôsteres e comunicações orais, entre outras programações. Nas atividades em edições passadas, houve a presença de pesquisadores reconhecidos nacional e internacionalmente.

    Ainda, a Semana da Física facilita o contato de estudantes da graduação e da pós-graduação com as suas áreas de interesse e com profissionais atuantes. O evento garante um grande número de pessoas contempladas por sua programação, pois tanto os docentes quanto os discentes da Universidade são consultados para a sua elaboração.

    A Comissão Organizadora se preocupa, historicamente, em tornar acessível o conhecimento disponibilizado em sua programação. Portanto o evento abriu espaço para que pessoas das mais diversas formações possam discutir física e assuntos relacionados direta ou indiretamente com ela, não somente na grande área de Exatas, mas em outras grandes áreas também. Por exemplo, em sua X edição, a palestrante Katemari Rosa, expondo sobre a dificuldade do acesso de mulheres negras nos altos pilares acadêmicos. Na edição anterior a essa, estudantes de ensino médio de instituições públicas do Distrito Federal trouxeram seus trabalhos apresentados nas Feiras de Ciências de suas escolas. Esse tipo de inserção estimula o sentimento de pertencimento ausente em grande parte dos discentes e os atrai ao meio acadêmico.

    No ano de 2014, a Semana da Física contemplou nas suas atividades a 1ª edição da Homenagem para os professores do IFD. Sete docentes foram homenageados. A escolha foi realizada por meio de votação dos estudantes de cursos de exatas da Universidade. A atividade foi proposta para incentivar uma melhor interação entre os corpos discente e docente e para o estimulo de continua busca por qualidade e reconhecimento nos três pilares do Ensino Superior.

    Historicamente, a maioria dos palestrantes do projeto são professores da UnB, mas sempre há convidados externos, cuja quantidade tem crescido a cada edição, a depender do financiamento concedido ao projeto. Também conta com a presença de discentes de pós-graduação do Instituto de Física da UnB. O evento já contou com a presença de ganhadores de prêmios científicos, como as palestrantes Thaísa Storchi Bergmann e Márcia Cristina Bernardes Barbosa.

    O reconhecimento da Semana da Física e de sua tradição evidencia o sucesso que o evento tem de praxe. Assim, os vinculados ao Instituto de Física aguardam o evento todo ano com grande expectativa.


  • Capa da revista SIRIUS
    v. 3 n. 1 (2017)

    A 5ª edição da Revista Physicae Organum conta com uma entrevista com o Diretor do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron, professor Antônio José Roque, acerca da construção do SIRIUS, novo laboratório que está em curso em Campinas-SP.

    Além disso, esta edição conta com vários outros artigos, entre eles artigos de alunos do IF-UnB.

    Um desses artigos, descrevendo as percepções de um aluno de pós-graduação deste Instituto sobre nossos cursos e traçando uma comparação com o esquema de pirâmides, merece particular atenção. Em particular para aqueles professores que atuam nesta instância do Instituto de Física. De fato, neste artigo está uma das missões precípuas da Physicae Organum: estabelecer e sistematizar um debate entre alunos e professores ou, pelo menos, dar aos primeiros um espaço de manifestação público. Contamos que este artigo possa servir como o início de uma sincera troca de ideias e percepções.

    Desejamos a todos os nossos leitores momentos agradáveis, educativos, informativos e, também, de muita reflexão com a presente edição.

    Olavo L. da Silva Filho (Editor gerente)

    Lilah Fialho (Editora)

  • Physicae Organum INFLEXÃO
    v. 2 n. 2 (2016)

    Estamos lançando mais uma edição de nossa Revista Physicae Organum. Com isso lançamos o quarto número da Revista, ou seja, quatro semestres consecutivos. Esse número, o segundo de 2016 marca, entretanto, um momento de amadurecimento. A Revista já solicitou e aguarda com otimismo, a inclusão de suas atividades como parte de um projeto de Extensão da Universidade de Brasília, ganhando assim, reconhecimento institucional. O doi (digital object identifier) está em vias de se tornar uma realidade também.

    Do ponto de vista dos artigos, o presente número assinala uma inflexão positiva, uma vez que apresenta artigos advindos de outros estados e autores cuja origem não é o próprio Instituto. Também tem ampliado seu corpo de revisores, com membros de outras instituições que se apresentaram voluntariamente para contribuir com o processo de revisão dos artigos.

    Artigos advindos do Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física também começam a ser submetidos e são particularmente bem vindos, uma vez que a Revista passa a buscar uma articulação especial entre tais artigos e as Escolas de Ensino Médio e Fundamental, apresentando-se como um locus privilegiado de discussão acadêmica dos temas precípuos a tais Escolas.

    Esperamos receber, cada vez mais, contribuições que engrandeçam a Revista, exortando os professores do Instituto de Física da Universidade de Brasília e demais Universidades do Brasil, a incentivar seus alunos a publicar seus resultados aqui.

     

    Olavo Leopoldino da Silva Filho

    Editor-Gerente, Physicae Organum

  • Physicae Organum X SEMANA DA FÍSICA
    v. 2 n. 1 (2016)

    Nessa terceira edição, a revista Physicae Organum, apresenta entrevista com a Professora Doutora Heloísa Bordello, professora associada na Universidade de Copenhagen, falando sobre sua experiência como pesquisadora, um resumo breve sobre a última semana da Física - UnB e diversos artigos.

     

    Novamente damos as boas vindas aos leitores, esperando contar com artigos seus, suas leituras, críticas e comentários.

     

    Att. Lilah Fialho de Lima Simões

    Editora: Physicae Organum

  • Physicae Organum FÍSICA E METAFÍSICA DE ARISTÓTELES / ENTREVISTA COM VIKTOR DODONOV
    v. 1 n. 2 (2015)

    A Revista Physicae Organum, em sua segunda edição, conta com artigos que apresentam tópicos de grande interesse em diversas áreas da Física. Há uma entrevista com um professor do Instituto de Física da UnB, o professor Doutor Viktor Dodonov, falando sobre sua experiência como pesquisador e mostrando o seu ponto de vista sobre a formação de cientistas. Há ainda artigos importantes na seção de Anais do Instituto de Física, seção que apresenta os principais projetos em desenvolvidos no Instituto de Física (em nível institucional).

     

    Novamente damos as boas vindas aos leitores, esperando contar com artigos seus, suas leituras, críticas e comentários.

      

    Att. Lilah Fialho de Lima Simões

    Editora: Physicae Organum

  • Capa da Physicae Organum PRIMEIRA EDIÇÃO
    v. 1 n. 1 (2015)

    A Revista Physicae Organum, com esta sua primeira edição, inaugura seus trabalhos com a certeza de que tem pela frente um futuro de grandes realizações. Neste número contamos com artigos convidados, além das submissões usuais, que apresentam tópicos de grande interesse em diversas áreas da Física. Há um belo artigo sobre o nascimento do conceito de inércia na Mecânica (do Professor Antony Mota Polito) e um artigo destrinchando os meandros do emanharamento (entanglement) quântico (da parte do Professor Emérito do Instituto de Física, professor José David Vianna em colaboração com outros autores). Estamos certos de que tais artigos despertarão o interesse de nossos leitores. Há ainda artigos importantes na seção de Anais do Instituto de Física, seção que apresenta os principais projetos sendo desenvolvidos no Instituto de Física (em nível institucional). Em particular, o leitor encontrará um belo artigo do professor Bernardo Mello sobre os processos em curso nas disciplinas de Unificação (Físicas 1 e 2), que será de grande ajuda na divulgação desse projeto do Instituto, tanto para alunos das disciplinas, quanto para professores do Instituto e de outras unidades acadêmicas desta Universidade e de tantas outras. Há ainda um outro artigo apresentando um projeto já em andamento para tornar os processos de avaliação vinculados à Unificação ainda mais eficientes.

    Aproveitamos esta data de grande relevância para dar as boas vindas aos leitores, esperando contar com artigos seus, suas leituras, críticas e comentários.

     

    Att. Olavo Leopoldino da Silva Filho

    Editor Gerente: Physicae Organum