A "Prova experimental das Correntes Moleculares de Ampère" de A. Einstein e W. J. de Haas.

João Paulo Martins de Castro Chaib, Carlos Henrique Moraes Santos

Resumo


Apresentamos uma contextualização crítica e a tradução do inglês para o português do artigo ``Prova experimental da existência das correntes moleculares de Ampère'' escrito por A. Einstein e W. de Haas.  Este trabalho experimental desenvolvido pelo fundador da relatividade geral teve um papel importante na história da ciência, sendo o estopim para a construção do conceito de \textit{spin} eletrônico. Por detrás deste recorte histórico pode-se ver um exemplo  da relação epistemológica entre experimento, teoria e comunidade científica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 João Paulo Martins de Castro Chaib, Carlos Henrique Moraes Santos

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

ISSN 2446-564X

Licença Creative CommonsPhysicae Organum é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0.