Avaliação e tratamento de pessoas com incapacidade neuromotora: Projeto de extensão do curso de fisioterapia da UnB que aproxima a academia da comunidade onde a universidade está inserida.

Ana Clara Bonini Rocha, Wagner Rodrigues Martins, Aline Pereira Resende, Anderson Lúcio Souza de Andrade, Guido Fregapani Agner, Alanna Maria Luciano Rezende, Vittor Michel Souza Godoi, André Pires Moreira, Alisson Rodrigues Lisboa

Resumo


O Projeto de Extensão “Avaliação e Tratamento de Pessoas com Incapacidade Neuromotora”, do Curso de Fisioterapia da UnB, é uma proposta que engloba ensino e pesquisa enquanto aproxima a academia e a comunidade onde o Campus está localizado. O projeto iniciou em 2014 tendo como objetivo principal proporcionar aos alunos do curso de fisioterapia e as pessoas moradoras de Ceilândia uma transformação quanto aos princípios humanistas que regem os cuidados em saúde e a prática da fisioterapia. O projeto acontece nos domicílios e nas salas de aula da Paróquia Nossa Senhora da Glória de Ceilândia Sul, terças e sextas-feiras, e conta com 02 professores doutores e 27 alunos extensionistas alocados desde os primeiros até os últimos semestres do fluxo curricular. Os professores e seus extensionistas atendem as demandas de todos os ciclos de vida nos níveis de média e alta complexidade nas áreas de Fisioterapia Neurofuncional, Fisioterapia Traumato-Ortopédica e Educação em Saúde. O objetivo deste artigo é mostrar como este projeto funciona do ponto de vista meto- dológico e apresentar um recorte do perfil epidemiológico quanto à idade, sexo, doenças e incapacidades mais prevalentes e valores de pressão arterial no período de março de 2014 a dezembro de 2015. 


Palavras-chave


fisioterapia; epidemiologia; extensão universitária

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons de Atribuição  (CC-BY 4.0)

Revista Participação - participacao@unb.br

ISSN 2238-6963