Coleta e caracterização dos resíduos sólidos gerados na UFCG-Campus I: Sensibilização da comunidade acadêmica da problemática socioambiental - Ano referência 2015

Luiza Eugenia da Mota Rocha Cirne, Cibelly Maria Araujo Leite, Danilo Roberto de Sousa, Yasmin Maia Pederneiras, Maria Eugênia da Rocha Cirne, Raul Araújo da Nóbrega

Resumo


A Universidade Federal de Campina Grande, UFCG foi criada em 2002, objetivando desenvolver a  ampliação das  atividades de  ensino, pesquisa e  extensão, possuindo campus em sete municípios no interior da Paraíba. A sede da instituição está localizada no município de Campina Grande, campus I, e congrega em sua infraestrutura física diversos ambientes geradores, classificando-a como grande gerador de resíduos sólidos. O volume e diversidade de resíduos gerados na instituição justifica a adoção de critérios de sustentabilidade para a aquisição de seus produtos, serviços e descartes. A implantação da Coleta e caracterização dos resíduos sólidos gerados na UFCG-Campus I: Sensibilização da comunidade acadêmica da problemática socioambiental objetivou atuar em ações de educação ambiental práticas e teóricas junto aos gestores e à comunidade acadêmica visando a recuperação física de resíduos sólidos recicláveis secos e sua destinação aos catadores da cooperativa COTRAMARE, conforme estabelecido  no  Decreto  Federal  5.940/2006. As  ações  colaboraram  com  a  gestão administrativa e contribuíram para melhorias sanitárias e operacionais. Observou-se nos meses de janeiro e fevereiro de 2015, uma diminuição no quantitativo dos materiais coletados fato atribuído ao recesso escolar, comportamento também verificado nos meses de Junho, Julho e Setembro dessa vez atribuído ao período de paralização das atividades de ensino na instituição. No caso dos meses maio, agosto e novembro o aumento do quantitativo de papel foi devido a doações realizadas por setores da administração da universidade. As ações desenvolvidas pelo projeto possibilitaram o envolvimento de gestores, alunos e comunidade acadêmica frente as discussões e contribuições de soluções técnicas para a gestão integrada dos resíduos sólidos e contribuíram sobremaneira com a administração institucional e sustentabilidade financeira e operacional da cooperativa de catadores COTRAMARE.


Palavras-chave


resíduos sólidos; decreto federal; catadores; educação ambiental

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons de Atribuição  (CC-BY 4.0)

Revista Participação - participacao@unb.br

ISSN 2238-6963