Programa de Atendimento Odontológico a Pacientes Transplantados da Universidade Federal de Minas Gerais: uma história bem sucedida

Lia Silva de Castilho, Fernanda Cristina Melo Pelinsari, Luanne Priscila Pereira Avelar, Mauro Henrique Nogueira Guimarães Abreu, Ellen Marise de O. Castro, Maria Elisa Souza e Silva

Resumo


O objetivo deste trabalho é descrever a trajetória de um projeto de extensão odontológica da Faculdade de Odontologia da UFMG até se transformar em Programa de Extensão que atende pacientes em fase anterior e posterior ao transplante de medula óssea, fígado e rins. Funcionando como projeto desde 2002, pelos registros existentes, foi possível apurar que o programa já contou com a participação de cerca de 470 alunos e prestou assistência odontológica qualificada a 881 pacientes. Atualmente, o programa envolve 52 graduandos de odontologia, 16 professores e seis pós-graduandos, sendo campo profícuo para o exercício de ações multidisciplinares entre a Faculdade de Odontologia e Hospital das Clínicas da UFMG. O programa permite que o estudante acolha o paciente, humanizando o seu atendimento e integrando as ações em saúde. O tratamento odontológico permite controlar fontes de infecção e restaura a função mastigatória do paciente. O estudante ainda tem a oportunidade de participar da produção do conhecimento por meio do desenvolvimento de pesquisas e da análise dos dados gerados a partir dos prontuários dos pacientes. O programa é um campo para o desenvolvimento de conhecimento teórico útil e aplicável no atendimento odontológico de pacientes pré e pós-transplantados.


Palavras-chave


Saúde bucal; Assistência odontológica; Transplante de células tronco hematopoiéticas; Transplante de fígado; Extensão universitária

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons de Atribuição  (CC-BY 4.0)

Revista Participação - participacao@unb.br

ISSN 2238-6963