Território das Instituições Federais de Ensino Superior Brasileiras (IFES): uma reflexão sobre o planejamento de campus e suas práticas na década de 70 e atual

Jaime Almeida

Resumo


Resumo

 

discute o processo planejamento de campi universitários das IFES tendo em vista suas práticas e fundamentações. A análise é comparativa abrangendo dois momentos históricos, a saber: o planejamento da década de 70, sob os governos militares, e o planejamento da década de 80, destacando o período posterior à redemocratização do país. Discorre sobre o significado de cidade universitária e campus, entre outros termos utilizados na análise. Evidencia a crise do planejamento e aponta como prováveis causas a falta de um sistema nacional de planejamento de território universitário e o impasse de seus fundamentos, a exemplo do estruturalismo dos anos 70 e pragmatismo de agora.

Palavras-Chave: Processo; MEC; Ciclo Básico; Crise; Estruturalismo; Pragmatismo.

Abstract

it is discussed the process of the Brazilian university campus planning focusing at its practices and theories. The analysis is comparative and considers two main historical periods prescribed: the years of 70, under military governments and the years of 80, especially the period of post-democratization of Brazil when the universities became mass institutions. The main concepts related to the university organizations and their territories are analyzed. May be the crises of university spatial planning is due to loss of the national planning system and also to problems in its theoretical background, as for example, the structuralism in seventies and pragmatism in eighties.

Key-Words: Process; MEC; Basic Cycle; Crisis; Structuralism; Pragmatism.


Texto completo:

PDF

Referências


ALENCAR, F. H. A Universidade de Brasília - Projeto Nacional da Intelectualidade Brasileira. In: A Universidade Necessária. Darcy Ribeiro. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978. Apêndice (pp. 271-296)

ALMEIDA, J. G. Humanismo Sacrificado? In: Jornal da Ciência. Ano II nº 11. Brasília: 1988 (p. 7)

__________. Campus do Milagre: contribuição à análise das propostas arquitetônicas dos campi universitários brasileiros, implantados na década de 1970, tendo em vista a relação entre a autonomia da instituição e a organização espacial. Dissertação de Mestrado em Arquitetura e Urbanismo. Brasília: Universidade de Brasília, 1983.

ALMEIDA-FILHO, N. Universidade Nova: textos críticos e esperançosos. Brasília: Editora da Universidade de Brasília; Salvador: Editora da Universidade Federal da Bahia, 2007.

ATCON, P. R. Manual sobre o Planejamento Integral do Campus Universitário. Santa Catarina: Conselho de Reitores das Universidades Federais - CRUB, 1970.

__________. Administração Integral Universitária: uma teoria unificada da estruturação e administração universitárias. Rio de Janeiro: Ministério da Educação/PREMESU (ex CEPES), 1974.

BOSI, A. Ideologia e Contraideologia: temas e variações. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

CASTELO BRANCO, A. A Arquitetura do Sistema Básico. In: Territórios da Universidade: permanências e transformações. Carlos Alberto Maciel e Maria Lúcia Malard (organizadores). Belo Horizonte: Editora da Universidade Federal de Minas Gerais, 2012.

DERRIDA, J. O Olho da Universidade. (Intr. M. Peterson; Trad. R. I. Canko e I. A. Neis) São Paulo: Estação Liberdade, 1999.

FÁVERO, M. L. A. Universidade do Brasil: das origens à construção. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ/INEP, 2000 v.01.

__________. Da Universidade “Modernizada” à Universidade Disciplinada: Atcon e Meira Mattos. São Paulo: Cortez: Autores Associados, 1991.

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA – FUB. Plano Orientador da Universidade de Brasília. Brasília: Editora da Universidade de Brasília, 1962.

KONDER, L. A Questão da Ideologia. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

MACIEL, Carlos Alberto Batista. "O sistema básico da UFMG e seus precedentes: infraestrutura, crescimento, superação da função e construção da paisagem." Brasília: DOCOMOMO, 2011.

[http://www.docomomo.org.br/seminario%209%20pdfs/110_M25_RM-OSistemaBasicoDAUFMG-ART_carlos_maciel.pdf] (acessado em 9/6/2013)

MALARD, M. L. A Lógica das Arquiteturas do Campus. In: Territórios da Universidade: permanências e transformações. Carlos Alberto Maciel e Maria Lúcia Malard (organizadores). Belo Horizonte: Editora da Universidade Federal de Minas Gerais, 2012.

MEC/DAU/PREMESU. Relatório de Atividades do Período 1974/1978: Coordenadoria de Desenvolvimento das Instalações do Ensino Superior. Brasília: MEC, 1979.

RASHDALL, H. The Universities of Europe in the Middle Ages. (Edited by F. M. Powicke, A. B. Emden) Great Britain: Oxford University Press, 1945. v. I, II, III

RIBEIRO, D. A Universidade Necessária. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1978.

____________. Universidade de Brasília. In: Brasília: Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. V. 36, n. 83, julho-setembro 1961 (pp. 161-230)

____________. A Universidade de Brasília. In: Brasília: Educação e Ciências Sociais. Ano 05, V. 08, n. 15, setembro 1960 (35-98)

SAAVADRA, V. E. O Plano da Cidade Universitária de Conceptión de Emilio Duhart. Arquitextos 108.02 year 09 2009 (texto acessado em 1/6/2013) (www.vitruvius.com.br/revistas/read/aequitetos/9.108/53).

SALMERON, R. A. A Universidade Interrompida: Brasília 1964-1965. Brasília: Editora da Universidade de Brasília, 1999.

SUCUPIRA, N. O Ciclo Básico: sua natureza e problemas de sua organização. In: Brasil Universitário. Rio de Janeiro: CRUB, Ano XXV, 78-79, Junho 1970 (pp. 67-74)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (UFMG). O Território Universitário: proposta de um modelo para um sistema ambiental. Belo Horizonte: UFMG, 1970 (apresentado pelo IAB Nacional como tese no XII Congresso Pan-americana de Arquitetura em 1970, San Juan - Puerto Rico).




DOI: http://dx.doi.org/10.18830/issn.1679-0944.n19.2017.04

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Jaime Almeida

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 1679-0944

Creative Commons License

Paranoá is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Indexadores, Repositórios e Bases de dados:

 

Verificação Anti-plágio: