APRESENTAÇÃO DO DOSSIÊ TEMÁTICO

PROJETO MULHERES INSPIRADORAS

  • Juliana de Freitas Dias Universidade de Brasília/docente
  • Gina Vieira Ponte de ALBUQUERQUE, Profa. Universidade de Brasília/pesquisadora

Resumo

O projeto Mulheres Inspiradoras inaugurou em Brasília, no ano de 2014, uma nova consciência do trabalho educacional em torno da escrita, da literatura e das questões de gênero, de raça e de classe na escola. A professora e autora, Gina Vieira Ponte Albuquerque, ao tomar sua posição crítica no centro dessa interseccionalidade, se entregou ao trabalho pedagógico que durou um ano com adolescentes e, nesse processo, se defrontou com o medo da liberdade quando se movimentou pela chamada ‘consciência crítica’ e toda a sensação de desmoronamento que persegue esse movimento, já alertado por Paulo Freire, ainda em 1971. Ao abrir essa fenda na escola, o projeto Mulheres Inspiradoras inseriu esses estudantes como sujeitos diante de suas histórias, as quais penetraram os portões da escola sob a roupagem de currículos vivos e legitimados por uma prática pedagógica transgressora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gina Vieira Ponte de ALBUQUERQUE, Profa., Universidade de Brasília/pesquisadora

Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal, Programa Mulheres Inspiradoras: política de valorização de mulheres a partir de práticas de leitura e escrita na rede pública de ensino do Distrito Federal.

 

 

Professora de educação básica da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF). Graduada em Letras pela Universidade Católica de Brasília-UCB. Pela Universidade de Brasília é mestranda pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística (PPGL) e Especialista em Educação à Distância, em Desenvolvimento Humano Educação e Inclusão Escolar e em Letramentos e Práticas Interdisciplinares nos Anos Finais. Integra o Grupo de Pesquisa Educação Crítica e Autoria Criativa da UnB.

Publicado
2018-11-26

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##