Fazer-se ouvir, fazer-se entender – atuação política interétnica da COICA nas negociações sobre o clima com a proposta de REDD+ Indígena Amazônico

Isabel Mesquita

Resumo


Resumo

A partir da elaboração da proposta de REDD+ Indígena Amazônico apresentada pela Coordinadora de las Organizaciones Indígenas de la Cuenca Amazónica (COICA) nas negociações internacionais sobre o clima (Conferências das Partes – COP), busca-se analisar como uma organização indígena pluriétnica faz suas reivindicações serem ouvidos em espaços de discussão política predominantemente não-indígenas, apesar das limitações para se estabelecer diálogos interétnicos. Observa-se que os representantes indígenas que participam destes espaços realizam um trabalho de tradução e mediação entre visões de mundo, a fim de comunicar de maneira inteligível a mensagem que querem transmitir em espaços que não foram construídos para receber conceitos e visões de mundo diversas.

Abstract

This article analyses how a pluriethnical indigenous organization (Coordinadora de las Organizaciones Indígenas de la Cuenca Amazónica – COICA) acts in the international climate change negotiations sphere and make their voice heard in political arenas where non-indigenous rules and logical prevales and despite the limitations to stablish effective interethnical dialogues. For this purpose, the research conducted between 2013 and 2015 includes document and bibliographic review, as well as fieldwork in COICA’s meetings and United Nations Climate Change Conference (COP). The example presented in the article is COICA’s “Amazonian Indigenous REDD+” proposal. Indigenous representatives who attend the COP translate and mediate notions from their cosmovisions and non-indigenous worldview, in order to make their messages intelligible in such arenas, which aren’t built to accept such diversity. By doing so, they are able to influence decision-making processes and guaranteeing rights and benefits to indigenous peoples they represent.

Keywords: climate change, indigenous organizations, REDD+, interethnic dialogue.


Palavras-chave


mudanças climáticas; organizações indígenas; REDD+; diálogo interétnico.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2018 Interethnic@ - Revista de estudos em relações interétnicas



ISSN 2318-9401
 
Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.