AAIUnB e a Maloca-UnB: Presença e Espacialidade Indígena no Campus Darcy Ribeiro

  • Victoria Miranda da Gama Oliveira Universidade de Brasília - UnB
Palavras-chave: maloca, estudantes indígenas, ensino superior, lei de cotas, interculturalidade

Resumo

A criação da Associação dos Acadêmicos Indígenas da Universidade de Brasília (AAIUnB), em 2008, e do Centro de Convivência Multicultural dos Povos Indígenas (Maloca-UnB) em 2010, no Campus Darcy Ribeiro da Universidade de Brasília (UnB) sugere a conquista de espaços de ação político-étnica dentro da estrutura cultural universalizante do ensino superior brasileiro. Esta análise se embasa nos conceitos de espaço, de ação política e de interculturalidade crítica. A revisão documental, a observação participante, bem como as entrevistas abertas foram os instrumentos metodológicos que facilitaram a coleta de dados empíricos. Como resultados, destaca-se que a UnB instituiu, pioneiramente, em 1990, um edital específico para garantir o ingresso dos indígenas. A presença acadêmica, política e organizacional dos indígenas nessa universidade revela-se fundamental para evidenciar os desafios da institucionalização, nem sempre dinâmica, de políticas universitárias que garantam acesso e permanência desse grupo social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Victoria Miranda da Gama Oliveira, Universidade de Brasília - UnB

Atualmente é pesquisadora iniciante da Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia, atuando principalmente nos seguintes temas: estudantes indígenas, interculturalidade e centro de convivência. Atuou como diretora assistente na Empresa Júnior Socius.

Referências

ARCANJO, Julia. A luta pelo diploma e o diploma para a luta: educação superior para os povos indígenas. Monografia. Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais. Brasília, 2011.

BONFIL BATALLA, Guillermo. El pensamiento político de los indios en América Latina. Anuário Antropológico/79. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1981.

CARVALHO, José Jorge de. Entrevista com o professor José Jorge de Carvalho. Revista Tempus – Acta de Saúde Coletiva. Brasília, v.6, n.1, 2014.

CAVIEDES, Mauricio. A escola intercultural indígena na Colômbia e no Brasil. Espaço Ameríndio, Porto Alegre, v. 10, n. 2, p. 224-252, jul./dez. 2016.

CELLARD, A. A análise documental. In: POUPART, J. et al. A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Petrópolis, Vozes, 2008.

CODATO, Adriana. O espaço político segundo Marx. Crítica Marxista. São Paulo, n.32, 2011. p. 33-56.

COELHO, Elizabeth. Ações afirmativas e povos indígenas: o princípio da diversidade em questão. Políticas Públicas. Maranhão, v.10, n.2, 2006, p. 1-12.

CRUZ, Felipe. Indígenas antropólogos e o espetáculo da alteridade. Série Antropologia Vol. 456, Brasília: DAN/UnB, 2016, pp. 5-26.

FILHO, Gil. Por uma Geografia do Sagrado. Raega. Paraná, v.5, 2001.

GORELIK, Adrian. La grilla en el parque: espacio público y cultura urbana em Buenos Aires (1837-1936). Buenos Aires: Universidad Nacional de Quilmes, 2004, p.19.

MIÈGE, Bernard. O espaço público: perpetuado, ampliado e fragmentado. Novos Olhares. São Paulo. Ano 7, n.14, 2004.

NIEDERAUER, Marcia. Universidade e universitários indígenas na internet: inclusões e exclusões no âmbito da representação. Tese de doutorado. Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem. Campinas, 2013.

QUIJANO, Aníbal. Colonialidade do poder, Eurocentrismo e América Latina. En: A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perspectivas latino-americanas. CLACSO, Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales. Buenos Aires, 2005, p. 117-138.

RESENDE, Viviane de Melo & RAMALHO, Viviane. Ciência Social Crítica e Análise de Discurso Crítica. São Paulo: Contexto, 2006/1ª reimpressão 2009, p. 25-54.

SANTOS, Gersem. Indígenas no Ensino Superior: Novo Desafio para as Organizações Indígenas e Indigenistas no Brasil. In: SMILJANC, Maria Inês; PIMENTA, José; BAINES, Stephen. (Org.). Faces da Indianidade. 1ed. Curitiba: Nexo Design, 2009, v1, p. 187 – 202.

SILVA, Josinaldo Da; TARGINO, Nadyelle; CORRÊIA, Rilmara Araújo. Indígenas na universidade brasileira: sonho, esperança ou pesadelo? Tempus - actas de saúde coletiva, Brasília, v. 6, n.11, p. 109-120, 2012.

SOUSA, Josicélia do Nascimento Ramos, (2009). Os Desafios dos estudantes e das instituições no convênio- FUNAI - UNB. Monografia de Especialização, Universidade de Brasília, Brasília.

WALSH, Catherine. Interculturalidad crítica/pedagogia de-colonial. Revista de Educação Técnica e Tecnológica em Ciências Agrícolas, v. 3, n. 6, p. 25-42, 2012.

Referências Documentais

AAIUnB. Projeto Semana Indígena 2016. Brasília: AAIUnB. 2016.

GERVÁSIO, Suliete. Relatoria da Segunda Semana dos Acadêmicos Indígenas da UnB – Mesa de Debate Estudantes Indígenas: Avanços, Perspectiva e Desafios. Brasília: Maloca; 26/04/2016.

APURINÃ, Francisco. Relatoria da Segunda Semana dos Acadêmicos Indígenas da UnB – Roda de conversa: Direitos Indígenas. Brasília: Maloca; 2016

UnB. Regras de convivência da Maloca 2015. Brasília: coordenação das questões indígenas; 2015.

Sítios Eletrônicos (Links)

G1 Notícias. UnB inaugura prédio de convivência multicultural para indígenas. http://brasil.noticias.voxquo.com/noticia-detalhe-media.asp ?id=1390028&t=UnB-inaugura-pr%E9dio-de-conviv%EAncia-multicultu ral-para-ind%EDgenas. Acessado em: 20/09/2016 às 11:06

Cotidiano dos indígenas estudantes da UnB. http://cotidiano indigenaunb.blogspot.com.br/2010/04/entrega-do-projeto-de-construcao-da.html. Acessado em 22/10/2016

Índios Online. Encontro do reitor da Universidade de Brasília (UnB) e estudantes indígenas. http://www.ccn.unb.br/sobre-centro. Acesso em 27/11/2016. 2016b.

Maloca UnB. http://estudantesindigenasunb.blogspot.com.br/ Acessado em: 14/09/2016 às 17:31.

UnB. UnB Notícias. Povos Indígenas ganham espaço cultural. http://www.unb.br/noticias/unbagencia/unbagencia.php?id=2510- Acessado em: 12/09/2016 às 22:19

Publicado
2018-12-30
Como Citar
OLIVEIRA, V. AAIUnB e a Maloca-UnB: Presença e Espacialidade Indígena no Campus Darcy Ribeiro. Interethnic@ - Revista de Estudos em Relações Interétnicas, v. 21, n. 3, p. 13-26, 30 dez. 2018.
Seção
Artigos