O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • Os artigos submetidos devem ser inéditos e exclusivos.
  • As submissões poderão ser enviadas a qualquer tempo através do portal da revista.
  • O formato do arquivo deverá ser Word para Windows (versão 2003) ou em formato compatível.
  • Os manuscritos devem seguir a seguinte formatação: tamanho A4, fonte Arial, tamanho 12, espaço duplo e margens 3 cm.
  • A extensão deverá ser de no mínimo 50.000 e no máximo 70.000 caracteres com espaços, incluindo a bibliografia, tabelas e diagramas.
  • Os estrangeirismos ou citações que busquem denotar a autoria de informantes ou outras fontes, devem estar em itálicos. Quando excederem três linhas devem estar em parágrafo separado e recuo de 2 centímetros, com espaço simples entre as linhas e tamanho 11.
  • Todas as referências que revelem a autoria deverão ser retiradas de modo a garantir a avaliação cega.
  • O título, em português e inglês, não deverá exceder a 20 palavras.
  • O resumo, em português e inglês, deverá ter até 1.000 caracteres incluindo espaços. Esse texto deve especificar objetivo, escolhas teóricas e metodológicas e resultados.
  • Os gráficos, quadros, tabelas e mapas devem ser numerados e titulados corretamente, com a devida referência (se reproduzidos).
  • As notas de rodapé devem ter caráter explicativo e não devem exceder um total de 10.
  • As expressões idem, ibidem e op. Cit somente deverão ser utilizadas em notas de rodapé.
  • As citações bibliográficas no texto devem seguir o padrão (Silva, 2009, pp. 32-33) ou (Silva 2009).
  • A bibliografia em ordem alfabética de sobrenome deve vir após o texto conforme os seguintes exemplos:

    Livro:
    BAINES, Stephen. “É a FUNAI que sabe”. Belém: MPEG/CNPq, 1991.

    Coletânea:
    BAINES, Stephen; TEÓFILO DA SILVA, Cristhian; FLEISCHER, David Ivan Resende & FALEIRO, Rodrigo Paranhos (orgs.). Variações interétnicas: Etnicidade, conflito e transformações. Brasília: CNIA/IBAMA; IEB; CEPPAC; CAPES, 2012.

    Artigo em Coletânea:
    TAVARES, Clarissa; TEÓFILO DA SILVA, Cristhian. “Quando resistir é a tradição: Uma análise comparativa das lutas indígenas em contextos desenvolvimentistas no Brasil e no México”. In: Leonardo Cavalcanti; Simone Rodrigues Pinto (Orgs.). América Latina na contemporaneidade: Desafios, oportunidades e riscos. Curitiba: Editora CRV, 2015, v. , p. 87-102.

    Artigo em Periódico:
    IBARRA, Elizabeth del Socorro; SOUZA, Liliana. “Mulheres Ticuna: Gênero e política na Amazônia”. Amazônica: Revista de Antropologia, v. 8, p. 90, 2017.

    Tese Acadêmica:
    NASCIMENTO, Sandra. Colonialidade do Poder no Direito e Povos Indigenas na América Latina: As faces da subordinação/dominação juridica frente ao direito de retorno às terras ancestrais do povo Kaiowá de Laranjeira Ñande'Rú no Brasil e Mapuche do Lof Temucuicui no Chile. Tese de Doutorado em Ciências Sociais. Brasília: PPG/ECsA, 2016.

    Textos Eletrônicos:
    TAVARES, Clarissa. “Cap. 30 – Nordeste”. Disponível em: http://indiosdelasamericas.blogspot.com.br/2016/07/cap-30-nordeste.html). Acesso em 28/02/2018.

Diretrizes para Autores

Serão aceitos trabalhos em Português, Espanhol, Francês e Inglês, excepcionalmente, originais em outros idiomas poderão ser aceitos, ficando sua publicação sujeita à possibilidade de tradução para um dos idiomas acima mencionados. 

Os autores e autoras de artigos escritos em inglês ou espanhol se aprovados arcarão com as despesas de revisão do texto, o que não constitui taxa de publicação.

A submissão de artigos a serem avaliados sob o sistema de parecer duplo cego implica o compromisso do autor ou da autora de adequação da forma mais satisfatoriamente possível às observações dos avaliadores. Em resposta ao esforço da comunidade acadêmica de contribuir com a qualidade da produção científica das ciências sociais e humanas, não aceitará manuscritos com parecer negativo em outra revista sem que os reparos levantados tenham sido sanados. Em similar compreensão, a Interethnica se reserva o direito de recusar artigos cuja reformulação desconsidere as avaliações sem justificação razoável.

Autores e autoras que submetem artigos assumem a reciprocidade de emitir pareceres.

Artigos

Política padrão de seção

Outros trabalhos acadêmicos e técnicos

Informes, relatórios, memorais e outros do gênero.

Dossiê Antropologia, Estado e mobilização indígena

O dossiê Antropologia, Estado e Mobilização Indígena se propõe a reunir trabalhos direcionados à discussão teórica e empírica sobre a pluralidade de ações de povos e organizações indígenas na atualidade, frente à garantia de direitos étnicos na esfera nacional e internacional. Propomos discutir as estratégias que os grupos indígenas vêm executando para se posicionarem politicamente frente aos sucessivos ataques pela via do poder público, seja na proposição de Leis contra direitos étnicos, na inoperância frente a sucessivas violências impetradas contra os povos indígenas ou pela criminalização de lideranças políticas.

Dossiê Cultura e Música na Pan - Amazônia

Este dossiê investiga saberes e práticas musicais na Amazônia com o intuito de, a partir de diversas perspectivas, revelar e discutir sua diversidade cultural. Toma-se como orientação o desenvolvimento de artigos cuja preocupação seja a de investigar processos criativos, epistemologias, comportamentos estético-musicais e discursos sonoros propriamente ditos em diferentes tempos-espaços de uma região de fronteiras múltiplas e complexas. A interdisciplinaridade e a transdisciplinaridade comporão os vieses teóricos agregados ao eixo principal da pesquisa, que é a visão da música em seu contexto cultural. Assim, trabalhos que investiguem processos criativos, outras epistemologias e fruição musical comporão esse panorama.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.