Competências do professor no processo de ensino-aprendizagem de língua estrangeira

Douglas Altamiro Consolo, Cristina Francisca de Carvalho Porto

Resumo


Neste artigo objetiva-se refletir sobre as competências necessárias ao professor de língua estrangeira para que este atue eficazmente no processo de ensino-aprendizagem. Para fundamentar esta discussão tomam-se como base teórica as obras de Paulo Freire (2001), Philippe Perrenoud (2000), Edgar Morin (2003), Maurice Tardif (2002) e Almeida Filho (1999), além de outros estudos acerca do tema, realizando assim uma discussão entre diferentes textos que abordam esta mesma problemática. O principal objetivo é compreender um pouco mais sobre os saberes docentes necessários a uma boa atuação do professor de línguas estrangeiras na atualidade. Esperamos, com tais reflexões, salientar a importância das competências docentes para o processo de ensino-aprendizagem de língua estrangeira e, consequentemente, para uma prática docente mais qualificada.


Palavras-chave


competências; formação de professores; língua estrangeira; prática docente

Texto completo:

PDF




ISSN eletrônico: 2237-0951            ISSN impresso: 1677-9770

 Licença Creative Commons