Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista de Filosofia Moderna e Contemporânea caracteriza-se como um periódico digital, idealizado por um grupo de professores do Departamento de Filosofia da UnB (Universidade de Brasília), cujos interesses de pesquisa convergem para a interpretação e o debate dos pressupostos e dos desdobramentos históricos da tradição filosófica iniciada por volta do século XVII, centrada na discussão das faculdades do sujeito, dos modelos de organização política e social, dos valores e normas de conduta, assim como da natureza do belo e dos fundamentos da arte.

A Revista pretende ser um espaço de divulgação de estudos interpretativos e discussões acerca de temas, questões e autores de destaque na história da filosofia moderna e contemporânea. Neste sentido, ela se propõe a publicar artigos originais, bem como traduções e resenhas, relativos ao pensamento filosófico moderno e contemporâneo, redigidos em português, espanhol, francês, italiano, inglês e alemão, cujos autores sejam doutores, doutorandos ou mestres na área de filosofia. 

Não será solicitado aos autores o pagamento de qualquer custo, referente tanto à submissão quanto ao processamento dos seus trabalhos.

 

Políticas de Seção

Expediente

Não verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Editorial

Não verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Dossiê

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos

Insira aqui a política desta seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Traduções

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

As contribuições submetidas à Revista de Filosofia Moderna e Contemporânea são avaliadas por pares (dois pareceristas). A avaliação de conteúdo é encaminhada pela Comissão Editorial ao Conselho Editorial e a Consultores externos ad hoc, especialistas na área, seguindo o critério de avaliação cega (o editor não revelará os nomes desses Consultores aos autores, nem o nome dos autores aos Consultores, independentemente de o artigo ser aceito ou não). A revisão formal (técnica) é feita pela equipe da Comissão Editorial.

Os textos são avaliados pela adequação à linha editorial da revista, adequação às normas editoriais e qualidade da redação, tanto em relação à originalidade e à relevância dos temas propostos como ao impacto crítico e/ou informativo que poderão vir a ter para o avanço dos estudos sobre o pensamento filosófico moderno e contemporâneo. Os critérios usados para avaliação pelos pareceristas constam no ítem "Diretrizes para Autores".

Após avaliação de conteúdo e revisão formal, apenas os textos com parecer favorável são enviados aos autores com sugestões (ou exigências, conforme o caso) de correções, alterações ou confirmação, a fim de que obtenham concordância final para a publicação na revista.

Após a avaliação (a não ser quando exigido expressamente pelos avaliadores) não são mais permitidas alterações de conteúdo do texto, somente revisões formais e gramaticais. A revisão gramatical e de referências do texto é de responsabilidade de seus respectivos autores.

O texto aceito pela Comissão e pelo Conselho Editorial é encaminhado à revisão técnica com vias à publicação e, caso necessário, é reenviado para seu respectivo autor a fim de obter concordância final. Após o envio das provas, o autor tem o prazo máximo de 7 dias para reenviá-lo à Comissão Editorial da Revista de Filosofia Moderna e Contemporânea. Caso contrário, a Comissão se reserva o direito sobre a publicação ou arquivamento.

Os autores dos trabalhos submetidos serão informados por e-mail sobre a aceitação ou não de suas propostas. Estimamos que o prazo médio das respostas, após o recebimento das propostas será de 2 a 3 meses.

 

Periodicidade

Semestral

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...