Lygia Fagundes Telles e o Bildungsroman no Brasil

Palavras-chave: romance de formação, história do romance brasileiro, Lygia Fagundes Telles

Resumo

O aumento da presença e relevância do Bildungsroman no Brasil em finais dos anos 40 do século XX; o lugar de Lygia Fagundes Telles nesse processo. Indicação de características da versão do subgênero então predominante; para descrevê-las, dada a importância de Telles para a história do subgênero no Brasil, a sua obra é tomada como referência principal do artigo: assim como a narração da história do subgênero ilumina as especificidades da sua obra individual, propõe-se que a análise da sua obra ilumina a história do subgênero no país. A seção inicial oferece uma definição operatória do Bildungsroman, descrevendo as suas características e motivações principais desde a sua aparição na Europa em finais do século XVIII. Uma seção seguinte discute a sua presença na história do romance brasileiro antes do período analisado, com foco comparativo no “romance de 30”. Duas seções seguintes caracterizam o Bildungsroman brasileiro dos anos 50 mediante comparações entre obras de Telles e de Clarice Lispector e Carlos Heitor Cony. Ao final, faz-se uma nota sobre a importância do subgênero para o romance brasileiro posterior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CONY, Carlos Heitor (1998). O ventre. 8. ed. São Paulo: Companhia das Letras.

LISPECTOR, Clarice (1998). Perto do coração selvagem. Rio de Janeiro: Rocco.

MOISÉS, Massaud (2004). Dicionário de termos literários. 12. ed. São Paulo: Cultrix.

MORETTI, Franco (1996). Modern epic. The World System from Goethe to García Marquez. New York: Verso.

PINTO, Cristina Ferreira (1990). O Bildungsroman feminino: quatro exemplos brasileiros. São Paulo: Perspectiva.

SABINO, Fernando (2013). O encontro marcado. 94. ed. São Paulo: Record.

SLAUGHTER, Joseph R. (2007). Human rights, Inc. New York: Fordham University Press.

TELLES, Lygia Fagundes (1981). Verão no aquário. 7. ed. Rio de Janeiro: Record.

TELLES, Lygia Fagundes (1984). Ciranda de pedra. 25. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

Publicado
2019-02-06
Como Citar
Dolabela ChagasP. (2019). Lygia Fagundes Telles e o Bildungsroman no Brasil. Estudos De Literatura Brasileira Contemporânea, (56), 1-12. https://doi.org/10.1590/2316-4018566