A exposição Corpo-Poema como objeto desestabilizador do literário:

entrevista com Thays Albuquerque e Marília Cacho

Resumo

Entrevista com Thays Albuquerque e Marília Cacho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGAMBEN, Giorgio (2007). Profanações. Tradução e apresentação de Selvino José Assman. São Paulo: Boitempo.
AGAMBEN, Giorgio (2009). O que é o contemporâneo: e outros ensaios. Tradução de Vinícius Nicastro Honesko. Chapecó: Argos.
DALCASTAGNÈ, Regina (2012). Literatura brasileira contemporânea: um território contestado. Rio de Janeiro: Editora da UERJ.
SUSSEKIND, Flora (2013). Objetos verbais não identificados. O Globo, Rio de Janeiro, Prosa & Verso. On-line. Disponível em: Acesso em: 9 abr. 2017.
WAISELFISZ, Julio Jacobo. Mapa da violência 2015: homicídio de mulheres no Brasil. Rio de Janeiro: Flacso.
Publicado
2018-09-18
Como Citar
Costa JuniorJ. V. L. da. (2018). A exposição Corpo-Poema como objeto desestabilizador do literário:. Estudos De Literatura Brasileira Contemporânea, (55), 135-147. https://doi.org/10.1590/10.1590/2316-4018558