A Carta Guarani Kaiowá e o direito a uma literatura com terra e das gentes

Marília Librandi-Rocha

Resumo


Este artigo propõe incluir a Carta Guarani Kaiowá no campo da literatura contemporânea produzida no Brasil. Essa inclusão impõe desafios teóricos em relação ao que entendemos por literatura, quais suas relações com os direitos humanos no âmbito dos estudos culturais, além de exigir um enfrentamento com a história literária do Brasil. O objetivo é pensar não apenas “nossa” literatura, historicamente vinculada ao sistema colonial e depois nacional, mas pensar uma literatura vinculada à terra, e não apenas da gente do Brasil, mas das gentes da América do Sul.


Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea

ISSN 1518-0158 (Impresso)

ISSN 2316-4018 (On-line)

Qualis A1

Fale conosco

Licença Creative Commons
Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea é licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não-comercial 4.0 Não Adaptada.

Os artigos publicados em estudos de literatura brasileira contemporânea são indexados em: ScopusSciELO, DOAJERIH PlusMLA International Bibliography, REDIB, Dialnet, CLASE. Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociaes y HumanidadesUlrichsWeb, Redalyc, Libris, MiarPortal de Periódicos da Capes, Diadorim, DRJILatindex, Biblat, Actualidad Iberoamericana, OAJICitefactor e WorldCat.

 File:Scopus type logo.jpg                            Dialnet                           Open Academic Journals Index    LiVre                    

 

A revista estudos de literatura brasileira contemporânea integra a LATINOAMERICANAAsociación de revistas académicas en Humanidades y Ciencias Sociales