O Dilema do Enquadramento Interpretativo: o caso das interações entre o movimento dos direitos animais e a grande mídia

Matheus Mazzilli Pereira, Marcelo Kunrath Silva

Resumo


Ativistas de movimentos sociais enfrentam um dilema em suas atividades de enquadramento interpretativo. De acordo com parte da literatura, imperativos morais são obstáculos para o imperativo estratégico e tal dilema tem origem na tensão entre esses dois polos. Este trabalho tem dois objetivos: (1) questionar e propor alternativas para essa caracterização dicotômica do dilema do enquadramento interpretativo; e (2) compreender os processos que geram diferentes respostas a esse dilema. Para isso, foram entrevistadas lideranças de quatro organizações de direitos animais em Porto Alegre; uma liderança de uma organização de direitos animais de São Paulo; e ativistas e jornalistas envolvidos na produção de notícias e artigos selecionados para análise em profundidade. Os resultados apontam que imperativos estratégicos e morais se complementam e são gerados por teorias nativas sobre como a transformação social ocorre e são moldados por pressões interativas, gerando as diferentes respostas ao dilema do enquadramento.

Palavras-chave


enquadramento; dilema; movimentos sociais;direitos animais; mídia corporativa

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/s0102-69922017.3201009



Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Unported License.

 

ISSN 0102-6992 versão impressa

ISSN 1980-5462 versão on-line

QUALIS A1