Guerra fiscal na federação brasileira: a contribuição das abordagens da Sociologia Econômica

Luciléia Aparecida Colombo

Resumo


Atualmente, temas eminentemente econômicos têm sido tratados com grande envergadura pelas Ciências Sociais, particularmente a Ciência Política e a Sociologia Econômica. Objetivamos aqui ressaltar, em especial, que a Sociologia Econômica tem fornecido importantes bases de análises para temas recorrentemente presente nas agendas governamentais, e utilizamos, neste sentido, como exemplo, o fenômeno da guerra fiscal. Portanto, objetivamos neste trabalho discorrer sobre a guerra fiscal não como um fenômeno autônomo, pertencente à esfera econômica, mas como produto de interações sociológicas e políticas por parte dos atores sociais, qual sejam os governadores de estado.  Para tanto, utilizamos uma bibliografia de fonte secundária, localizada em disciplinas como a Economia, a Sociologia Econômica e a Ciência Política.


Palavras-chave


Sociologia Econômica, Ciência Política, Guerra fiscal

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/s0102-69922017.3202002





Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Unported License.

 

ISSN 0102-6992 versão impressa

ISSN 1980-5462 versão on-line

QUALIS A1