Promovendo o letramento crítico

o caso dos materiais de propaganda de hambúrgueres

  • George Jacobs James Cook University
  • Denise Dillon James Cook University

Resumo

Este artigo explica o que vem a ser letramento crítico, porque ele deve ser incluído no ensino de línguas e como incluir letramento crítico na educação linguística. Um exemplo de como praticar letramento crítico é apresentado mediante um projeto piloto de análise crítica de material de propaganda de sanduíches, tanto feitos da carne de animais assassinados quanto produzidos a partir de ingredientes oriundos de plantas. O projeto está descrito em detalhes, incluindo-se os textos e imagens analisados. Ademais, os autores apresentam sugestões de como implementar cinco princípios pedagógicos relavantes para o aprendizado de letramento crítico e de educação em geral. Esses princípios são: os estudantes devem ser aprendizes ativos; eles devem ter alguma informação sobre o que estudam e como estudá-lo; as tarefas devem ser factíveis para os estudantes, mas envolver algum desafio; os estudantes devem ter oportunidades de interagir com os colegas e com outros; o aprendizado deve contribuir para fazer do mundo um lugar melhor.

Palavras-chave: Letramento crítico; alimento à base de planta; sanduíches; ensino de língua; análise crítica do discurso.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-02-10
Como Citar
Jacobs, G., & Dillon, D. (2019). Promovendo o letramento crítico. Ecolinguística: Revista Brasileira De Ecologia E Linguagem, 5(1), 16-27. Recuperado de http://periodicos.unb.br/index.php/erbel/article/view/22804
Seção
Artigos