A criação de uma Diplomacia Anticomunista no governo Vargas, em 1937

  • Margarida Nepomuceno

Resumo

O interesse em estudar a formação de uma agência anticomunista no governo Vargas, nos momentos que precederam a implantação do Estado Novo, resulta dos meus estudos sobre a política cultural do Brasil na América Latina em torno de um episódio que resultou, em 1935, no rompimento das relações diplomáticas do Uruguai com a Rússia sob a pressão do governo brasileiro. Esse episódio revelou o ativismo de uma diplomacia anticomunista em países da região e da formação de uma agência que atuou junto ao Itamaraty no combate aos comunistas, denominada Serviços de Estudos e Investigações (S.E.I.).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-03-15
Como Citar
NepomucenoM. A criação de uma Diplomacia Anticomunista no governo Vargas, em 1937. Em Tempo de Histórias, v. 1, n. 33, p. 176-189, 15 mar. 2019.