Dramaturgia musical e o laboratório de dramaturgia: o caso seminal de Rei David

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Marcus Mota

Resumo


Nesse artigo, há uma discussão a respeito das relações entre teatro e música a partir da montagem de David, um musical elaborado a partir da narrativa dos reis bíbli- cos aplicada à política recente brasileira. 


Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
MotaM. (2016). Dramaturgia musical e o laboratório de dramaturgia: o caso seminal de Rei David. Dramaturgias, 1(2-3). https://doi.org/10.26512/dramaturgias.v1i2-3.8753
Seção
Documenta
Biografia do Autor

Marcus Mota, Universidade de Brasília

Laboratório de Dramaturgia

Referências

MOTA, M. “Dramaturgia, Colaboração e aprendizagem: um encontro com Hugo Rodas”. In: Villar, Fernando Pinheiro e Carvalho, Eliezer Faleiros(Orgs.). Histórias do Teatro Brasiliense. Brasília: s/ed, 2003.
MOTA, M. “Dramaturgia musical e cultura popular: apropriação e transformação de materiais
sonoros para a cena”. In: TEIXEIRA, J.G. , GARCIA, M.V & GUSMÃO,R. (Orgs.) Anais do IV Seminário Nacional Transe: Patrimônio imaterial, performance cultural e retradicionalização. Brasília: TRANSE/CEAM, 2003,p. 203-213. (2003a).
MOTA,M. As implicações performáticas da escrita fugal: Uma leitura de A arte da fuga, de Bach. Tônica (UnB), 1(2005):4771.
MOTA, M. Opera in Performance: Staging Interartistic Works and its Theoretical and Methodological Implications. In Anais online Performance Matters!International Conference on Practical, Psychological, Philosophical and Educational Issues in Musical Performance, Porto,2005. Link: http://www.escom.org/proceedings/ESCOM2005_Proceedings_Performance_Matters/html/pdf/MarcusMota.pdf. (2005a)
MOTA,M. O teatro como ficção audiovisual. In: Maria Eurydice de Barros Ribeiro. (Org.). Arte e Temporalidade. Brasília: EPPGArtes UnB, 2007, p. 127.
MOTA, M. “Discussão da idéia de espaço em Kant e seu contraponto na teatralidade, a partir de comentátio de uma montagem de Hugo Rodas” In: MEDEIROS,B.&MONTEIRO,M.(Orgs.)
Espaço e Performance. Brasília:PPG-CEN, 2007, p. 103-110. (2007a).
MOTA, M. A dramaturgia musical de Ésquilo. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2008.
MOTA, M. Compondo, realizando e produzindo obras dramático-musicais no Brasil: projeto Ópera Estúdio ou Deus é Brasileiro: as complexas relações entre laicidade e religiosidade a partir da montagem de uma ópera com figura bíblicas. Texto apresentado ao Brazilian Studies Association Conference, New Orleans, 2008. Disponível
em https://brasilia.academia.edu/MarcusMota . (2008a)
MOTA, M. A realização de ópera como campo interartístico: dramaturgia, performance e interpretação de ficções audiovisuais. Música em contexto 3(2009):53-60. (2009b).
Link: http://periodicos.unb.br/index.php/Musica/article/view/920 .
MOTA, M. Do texto para a performance: o drama grego antigo e o Carnaval brasileiro In: Hibridizações no processo criativo e outras relações. Belém: PPGARTES/ICA/UFPA, 2012, p. 71-87.
MOTA, M. “Todos os teatros de Hugo Rodas” in VVAA Hugo Rodas. Brasília: Editora ARP, 2011, p. 14-36. (2011a).
MOTA, M. A Trágica Virtude. 26 exercícios nãolineares para a cena. Brasília: Editora PósArte UnB, 2012. (2012)
MOTA, M. Teatro, Música e Estranhamento: a dramaturgia e recepção de David. In: Anais (online) do 14. Simpósio da International Brecht Society. Porto Alegre: PPCAC-UFRGS, 2013. Link: http://www.ufrgs.br/ppgac/wp-content/uploads/2013/10/Teatro--M%C3%BAsica-e-Estranhamento_-a-dramaturgia-e-recep%C3%A7%C3%A3o-
-de-David.pdf .
MOTA, M. Teatro e erudição: implicações de um experimento recepcional. Texto apresentado à VII Reunião científica da ABRACE, Belo Horizonte, 2013. Link: http://www.portalabrace.org/memoria/viireuniaoteorias.htm. (2013a).
MOTA, M. Teatro musicado para todos. Experiências do Laboratório de Dramaturgia-UnB, Revista Participação (UnB), 25,2014,p. 80-96. (2014)
MOTA, M. Direção Cênica de Obras DramáticoMusicais: o trabalho de Matthew Lata no Florida State Opera. In: Claudia Regina de Oliveira Zanini; Robson Corrêa de Camargo. (Org.). Música na Contemporaneidade: Ações e Reflexões. Goiânia: Editora PUCGoiânia, 2015, p. 101117.
MOTA, M. Teatro Musicado, Roteiro Diagramático e Seminários Interdisciplinares: Experiências em pesquisa, ensino e criação no Laboratório de Dramaturgia da Universidade de Brasília. Revista Cena. URGS. 18(2015a). Link: http://www.seer.ufrgs.br/cena .
MOTA, M. Performance e estudos clássicos: proposta de seminários interdisciplinares. In: BACELAR, Agatha; OLIVEIRA, Loraine (org.). Cenas poéticas, filosóficas e musicais. Um panorama dos Estudos Clássicos. São Paulo: Annablume, 2016.
SILVA, A. B. Abordagens de processos criativos: O teatro de Hugo Rodas. Dissertação de Mestrado - Programa de Pós-Graduação em Arte, Universidade de Brasília, 2014. Link: http://repositorio.unb.br/handle/10482/18414
Além do tema deste artigo, tenho me envolvido com publicações sobre música e cena em outros temas como nos seguintes textos:
MOTA, M. & NEPOMUCENO, C. Hearing and Dancing Beats: An Interartistic Appropriation
of Meters in Greek Tragedy and Brazilian Traditional Dance. US-CHINA
FOREIGN LANGUAGE, v. 13, p. 2015-538, 2015.
MOTA, M. Dançando o passado: discussão de estudos de caso, metodologias e implicações
para processos criativos. In: Márcia Almeida. (Org.). A cena em foco:artes
coreográficas em tempos líquidos. 1ed.BRASILIA: Editora IFB, 2015, v. 1, p. 167-177.
MOTA, M. Cavalleria Rusticana, de Giovanni Verga. Tradução. Revista VIS (UnB), v.
13.2, p. 273-296, 2014.
MOTA, M. Catarse, Rasa, Flor: contextualizando a produção de emoções a partir de tradições performativo-musicais. Revista VIS (UnB), v. 1, p. 118-127, 2013.
MOTA, M. Fontes para os estudos teatrais: Contribuições de A.Appia e E.Piscator. Urdimento (UDESC), v. 18, p. 43-58, 2012.
MOTA, M. OUVIR E DANÇAR RITMOS: EXPERIMENTOS COM METROS DA TRAGÉDIA GREGA. Clássica. Revista Brasileira de Estudos Clássicos, v. 25, p. 133-148, 2012.
MOTA, M.Performance, dramaturgia e musicalidade: ideias e experimentos na interface entre Estudos Clássicos e Recepção. Revista VIS (UnB), v. 11, p. 83-100, 2012.
MOTA, M. Natyasastra: teorial teatral e a amplitude da cena. Revista Fênix (Uberlândia), v. 03, p. 1, 2006.