O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

O texto deve ser submetido em arquivo Word na página web da revista, com fonte Times New Roman 12.  O formato do texto segue as seguintes informações:

1-Título/subtítulo na língua do autor do texto e entre as aceitas para esta publicação.

2- Título/subtítulo em inglês;

3-Nome do autor,

4-Instituição;

5- Email de contato;

6-Resumo e palavras-chave na língua original;

7- Abstract e Keywords. 3(três) a 5 (cinco) itens;

 

Em seguida, vem o corpo do texto, com as divisões de subseções não numeradas e em negrito e não em caixa alta. Ao fim, a Bibliografia. As notas de rodapé se resumem a complementar informações do corpo do texto e indicar referências bibliográficas. As citações de obras se fazem no corpo do texto, no sistema autor/data e entre parêntesis.

Exemplo:

 H. G. Gadamer tem nos alertado para a abstração em arte. Segundo o autor, "a abstração da consciência estética produz algo que é, para si mesmo, positivo. Permite ver e existir por si mesmo aquilo que é a pura obra de arte. Chamo a esse seu produto de ‘distinção estética’(GADAMER 1997:30)". 

 

Sobre os materiais citados na bibliografia temos:

a- Livros

GADAMER, H.G. Verdade e Método. Petrópolis: Editora Vozes, 1997.

a1- Livros de editoras universitárias internacionais ou casa editorias com muitas sedes prescindem da indicação da cidade.

THALMANN,W. Dramatic Art in Aeschylus's Seven Against Thebes. Yale University Press,1978.

a2- Traduções publicadas.

GARCIA LORCA, F. Assim que passarem cinco anos. Trad. Marcus Mota. Brasília: Editora UnB, 2000.

b- capítulos de livros

MOTA, M. "Teatro grego: Novas perspectivas" In: Sandra Rocha (Org.). Cinco Ensaios sobre a Antiguidade. São Paulo: Annablume, 2011, pp. 45-66.

c-artigos em periódicos

GONSTASKY, S.  "Revising Himself: Performance as Text in Samuel Beckett's Theatre. " In: Journal of Modern Literature 22.1(1998):131-155. Link: http://www.samuel-beckett.net/GontarskiRevising.html.

d- Monografias, teses, dissertações.

DUARTE, M. Quando a dança e jogo e o intérprete é jogador: Do corpo ao jogo, do jogo à cena. Tese de Doutorado, Universidade Federal da Bahia, 2009. Link: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/9622/1/MarciaComSeg.pdf .

Informações sobre as imagens (fotos, tabelas, gráficos, etc.) seguem imediatamente após a imagem ou em nota de rodapé.