A ORGANIZAÇÃO DE DADOS DE FAVELAS PARA O PLANEJAMENTO TERRITORIAL: UMA PROPOSTA METODOLÓGICA

  • Suzana Dias Rabelo de Oliveira Universidade de Brasília
  • Rafael Sanzio Araújo dos Anjos Universidade de Brasília
Palavras-chave: Favelas. Planejamento municipal. Sistematização de dados. banco de dados, cartografia temática.

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar uma proposta básica de organização e sistematização de dados de favelas para a elaboração de um banco de dados para auxiliar o planejamento municipal. Selecionou-se como área de estudo as cidades brasileiras com mais de 500 mil habitantes. Devido à dimensão dos espaços segregados e informais nas cidades brasileiras, a organização e sistematização de dados de favelas assumem uma importância particular, sobretudo com abordagens geográficas, uma vez que esses espaços apresentam maior grau de dificuldade para identificação de seus dados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Suzana Dias Rabelo de Oliveira, Universidade de Brasília

Geógrafa, Mestre em Geografia (UnB). 

Rafael Sanzio Araújo dos Anjos, Universidade de Brasília

Geógrafo, Doutor em Informações Espaciais (POLIUSP-BR/IRD-FR), Pós-Doutoramento em Cartografia Étnica (MRAC-BE). Prof. Associado do Depto. de Geografia da UnB. 

Referências

ABREU, M. A. A Evolução Urbana do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: IPLANRIO. 1997. 3ª Edição. 156 p.

CHAFFUN, N. Dinâmica global e desafio urbano. In: BONDUKI, N. (org). Habitat: as práticas bem-sucedidas em habitação, meio ambiente e gestão urbana nas cidades brasileiras. São Paulo: Studio Nobel, 1997. p.18-37.

CHIAVEGATTO, M. As práticas do gerenciamento da informação: estudo exploratório na prefeitura de Belo Horizonte. Belo Horizonte: Fundação João Pinheiro, 1999, 93 p. (Dissertação, Mestrado em Administração Pública).

DAVIS JR., C. A. Poder para as prefeituras. Curitiba: Fator GIS, 4 (18):21, 1997.

DAVIDOVICH, F. e FREDRICH, O. M. B. L. Urbanização no Brasil. In: Brasil uma visão geográfica dos anos 80. Rio de Janeiro: Fundação IBGE, 1988.

ESTATCART: Sistema de recuperação de informações georreferenciadas. Versão 1.1. Rio de Janeiro: IBGE, 2002. 1 CD-ROM.

FERREIRA, I. C. B. O processo de urbanização e a produção do espaço metropolitano de Brasília. In: PAVIANI, A. (org.) Brasília: ideologia e realidade, espaço urbano em questão. São Paulo: Projeto, 1985. p 43-56

FERREIRA, A. B. H de Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Ed. Nova Fronteira 2.ed. 1987.

HOUAISS, A. e VILLAR, M. S. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Elaborado no Instituto Antônio Houaiss de lexicografia e Banco de Dados da Língua Portuguesa S/C Ltda. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

IBGE. Censos Demográficos 1980 e 2000. Característica da população e dos domicílios. Rio de Janeiro. CD-rom

IBGE. Contagem da População 1996.

IBGE. Malha de setor censitário urbano digital do distrito. Rio de Janeiro: IBGE, 2002. CD rom.

IBGE. Noções Básicas de Cartografia. Manuais Técnicos em Geociências, número 8. Rio de Janeiro: IBGE, 1999.

IPEA. Gestão do uso do solo e disfunções do crescimento urbano: instrumentos de planejamento e gestão urbana em aglomerações urbanas. Uma Análise comparativa. Brasília: IPEA, 2001, v. 1; 212 p.

MARTINELLI. M. Curso de cartografia temática. São Paulo: Contexto, 1991.

MELLO, N. A. A urbanização pública do Distrito Federal e o comportamento ambiental: o caso da Sub- bacia do Ribeirão Riacho Fundo. Brasília, 1997. Dissertação (Mestrado em Arquitetura) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de Brasília.

MINISTÉRIO DAS CIDADES. Sistema Nacional de Indicadores Urbanos:SNIU. Brasília: Ministério das Cidades, Versão 1.04, 2003.

PARISSE, L. Favelas do Rio de Janeiro: evolução – sentido. Rio de Janeiro: Caderno do CENPHA 5, 1969. 231 p.

RIBEIRO, L. C. Q. e LAGO, L. C. A divisão favela-bairro no espaço social do Rio de Janeiro. In: BÓGUS L.M. e

RIBEIRO, L. C Q. (org.). Cadernos Metrópole desigualdade e governança. N. 5. São Paulo: EDUC, 2001.

RODRIGUES, A. M. Moradia nas cidades brasileiras. São Paulo: Contexto, 2001. (Repensando a geografia).

SANTOS, M. Urbanização Brasileira. São Paulo: Hucitec, 1993.

SANTOS, M. & SILVEIRA, M. L.: O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. Rio de Janeiro: Record, 2001.

WANIEZ. P. La cartographie dês donnés économiques et sociales. Paris: L’Harmattan, 1999.

Publicado
2016-01-01
Seção
Artigos