GEOGRAFIA E CINEMA NO BRASIL: ESTADO DA ARTE

  • Tiago Almeida Moreira

Resumo

Este artigo faz uma revisão da recente produção acadêmica brasileira sobre Geografia e cinema, de forma geral, e de pesquisas de outras áreas de conhecimento que analisam representações do espaço geográfico nos filmes. Este é um campo de investigação ainda em construção no Brasil, e poucos são os estudos mais aprofundados nesta área. O presente trabalho quer contribuir com a questão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE, R. G. N. Desterritorialização e exílio no cinema de Walter Salles Junior. In: IV Congresso Lusitano de Comunicação - IV LUSOCOM, 2004, Covilhã - POR. Anais do IV Congresso Lusitano de Comunicação, p. 241-246. Covilhã - POR: Universidade da Beira Alta, 2004.

ANDRADE, R. G. N.; NAVARRO, A. Tropa de Elite: literatura, cinema e espaços especiais na cidade do Rio de Janeiro. In: XI Congresso Internacional da ABRALIC, 2008, São Paulo - SP. Anais do XI Congresso Internacional da ABRALIC, p. 1-9. São Paulo - SP:Universidade de São Paulo, 2008.

ARAÚJO SÁ, A. F. de. Lampião revisitado: cangaço, cinema e identidade. O Olho daHistória, n. 11, p. 1-18, 2008.

BARBOSA, J. L. A arte de representar como reconhecimento do mundo: o espaço geográfico, o cinema e o imaginário social. GEOgraphia, ano 2, n. 3, p. 69-88, 2000.

________. Geografia e Cinema: em busca de aproximações e do inesperado. In: CARLOS, A. F. A. A Geografia na Sala de Aula, p. 109-133. São Paulo - SP: Contexto, 2007.

BEINEIX, J.J. Filmografia e Biografia de Jean-Jacques Beineix - Site Adoro Cinema. Disponível em: http://adorocinema.com.br/jeanjacquesbeineix. Acessado em 18 de novembro de 2010.

BENTES, I. Sertões e favelas no cinema brasileiro contemporâneo: estética e cosmética da fome. Alceu, v. 8, n. 15, p. 242-255, 2007.

BLUWOL, D. Z. Uma Geografia do Cinema: imagens do urbano. 120 p. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - SP, 2008.

CAMPOS, R. R. de. Cinema, Geografia e sala de aula. Estudos Geográficos, v. 4, n.1, p. 1-22, 2006.

COSTA, M. H. B. e V. da. A cidade como cinema existencial. In: I Seminário Arte e Cidade, 2006, Salvador - BA. Anais do I Seminário Arte e Cidade, p. 1-14. Salvador - BA: Universidade Federal da Bahia, 2006.

________. Geografia, gênero e espaço no contexto do cinema brasileiro contemporâneo. In: X Coloquio Internacional de Geocrítica, 2008, Barcelona - ESP. Anais do X ColoquioInternacional de Geocrítica, p. 15-21. Barcelona - ESP: Universidad de Barcelona, 2008.

CUTY, J. A. Cinema e Cidade: Porto Alegre entre a lente e a retina. 185 p. Dissertação (Mestrado em Planejamento Urbano e Regional). Porto Alegre - RS: Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS, 2006.

DA ROLT, C. Quantas cidades há em Dogville?. Ciências Sociais Unisinos, n. 3, p.165-168, 2008.

ESCHER, A. The Geography of Cinema - A Cinematic World. Erdkunde, ano 4, n. 60, p. 307-314, 2006.

FARIAS, V. S. Cinema e Geografia: a idealização do rural. 117 p. Dissertação (Mestrado em Geografia). Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2005.

FECHINE, Y.; MANSUR, A. O road movie nas rotas de fuga do árido cinema de Pernambuco. In: XI Congresso Internacional da ABRALIC, 2008, São Paulo - SP. Anais do XI Congresso Internacional da ABRALIC, p. 1-7. São Paulo - SP: Universidade de São Paulo, 2008.

FERNANDES, G. V. A Cidade Imaginária: territórios subjetivos em “Jogos Subterrâneos”. In: I Colóquio Imago, 2007, Crato - CE. Anais do I Colóquio Imago, p. 27-36. Crato - CE:Universidade Regional do Cariri - CE, 2007.

FERNANDES, G. V.; ROCHA, E de S.; ANJOS, F. W. dos. Paisagens Sonoras em Cidades Cinemáticas. In: XVII Congresso da ANPPOM, 2007, São Paulo - SP. Anais do XVII Congresso da ANPPOM, p. 1-8. São Paulo - SP: Universidade de São Paulo, 2007.

FREIRE-MEDEIROS, B.; NAME, L. Como ser estrangeiro no Rio: paisagens cariocas no cinema brasileiro e norte-americano contemporâneo. Estudos Históricos, n. 31, p. 201-219, 2003.

FREIRE-MEDEIROS, B. O Rio de Janeiro de Holywood em quatro takes. In: II Seminário de Sociologia da Cultura e da Imagem, 2005, Rio de Janeiro - RJ. Anais do II Seminário de Sociologia da Cultura e da Imagem, p. 16-36. Rio de Janeiro - RJ: Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2005.

FIGUEIREDO, L. A. V.; TRAVASSOS, L. E. P.; SILVA, A. S. da. A Caverna no Cinema: análise preliminar de paisagens naturais e simbólicas. In: XXX Congresso Brasileiro de Espeleologia, 2009, Montes Claros - MG. Anais do XXX Congresso Brasileiro de Espeleologia, p. 85-93. Montes Claros - MG: Universidade Federal de Minas Gerais, 2009.

GEIGER, P. P. Ciência, Arte e a Geografia no Cinema de David Lynch. GEOUSP - Espaçoe Tempo, n. 15, p. 11-18, 2004.

HARVEY, D. Condição Pós-Moderna. 5a ed. São Paulo: Edições Loyola, 1992, 349 p.

LUKINBEAL, C. A Geography in Film, A Geography of Film. 137 p. Dissertação (Mestrado em Geografia). Hayward - USA: California State University, 1995.

MACIEL, C. A. A. Filmando “No Sertão Eu Vi”: olhares e epifanias da paisagem do Semi-Árido pernambucano. In: I Colóquio Imago, Crato - CE. Anais do I Colóquio Imago, p. 37-52. Crato - CE: Universidade Regional do Cariri, 2007.

MARTINS, S. Nos labirintos de uma Geografia Anti-Histórica - Truman O Show da Vida. GEOUSP - Espaço e Tempo, n. 21, p. 135-147, 2007.

MEDEIROS, R. F. de. Brasil e Canadá, tão longe, tão perto: cinema e identidade nacional. Interfaces Brasil/Canadá, n. 4, p. 103-117, 2004.

MORETTIN, E. As relações entre cinema e Estado no Brasil: as comemorações do centenário da Independência em 1922 e 1923. In: XIX Encontro da Compós, 2010, Rio de Janeiro - RJ. Anais do XIX Encontro da Compós, p. 1-12. Rio de Janeiro - RJ: Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, 2010.

NAGIB, L. Imagens do Mar - visões do paraíso no cinema brasileiro atual. In: XXIV Congresso Brasileiro de Comunicação, 2001, Campo Grande - MS. Anais do XXIV Congresso Brasileiro de Comunicação, p. 17-33. Campo Grande - MS: Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, 2001.

________. Imagens do Mar - visões do paraíso no cinema brasileiro de ontem e hoje.Revista USP, n. 52, p. 148-158, 20012.

NAME, L. O Cinema e a Cidade: simulação, vivência e influência. Arquitextos, v. 33, n. 1, p. 1-7, 2003.

________. (20032). Apontamentos sobre a relação entre cinema e cidade. Arquitextos, v. 37, n. 2, p. 1-4, 2003.

________. Escalas de representação: sobre filmes e cidades, paisagens e experiências. RUA - Revista de Arquitetura e Urbanismo, v. 1, n. 10, p. 44-55, 2006.

________. Por Uma Geografia Pop: personagens geográficos e a contraposição de espaços no cinema. 293 p. Tese (Doutorado em Geografia). Rio de Janeiro - RJ: Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2008.

________. Geopolítica da imagem e a Geografia de Indiana Jones. Abordagens Geográficas, v. 1, n. 1, p. 43-70, 2010.

NEVES, A. A.; FERRAZ, C. B. O. Cinema e Geografia: a construção da paisagem. In: 1oColóquio Nacional do NEER - Núcleo de Estudos em Espaço e Representações, 2006, Curitiba - PR. Anais do 1o Colóquio Nacional do NEER - Núcleo de Estudos em Espaço e Representações, p. 1-13. Curitiba - PR: Universidade Federal do Paraná, 2006.

________. Cinema e Geografia: em busca de aproximações. Espaço Plural, ano 8, n. 16, p. 75-78, 2007.

NEVES, A. A. Geografias do Cinema: do Espaço Geográfico ao Espaço Fílmico. Entre Lugar, ano 1, n. 1, p. 133-156, 2010.

NOVAS, L. L. de S. As Cidades do Futuro? O imaginário tecnológico das cidades no cinema de ficção científica. 74 p. Monografia de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação). Salvador - BA: Universidade Federal da Bahia, 2006.

OLIVEIRA JUNIOR, W. M. de. Chuva de Cinema - Natureza e Cultura urbanas. 162 p. Tese (Doutorado em Educação). Campinas - SP: Universidade Estadual de Campinas - SP,1999.

________. O que seriam as geografias de cinema? T x T - A tela e o texto, v. 2, p. 10-15, 2005.

________. Personagens na chuva: dois ensaios a partir do filme Blade Runner. Pro-Posições, v, 16, n. 2, p. 103-122, 2005.

PEREIRA, L. A. de S.; SILVEIRA, C. E. H. da. (2009). Os filmes, documentários e desenhos e o ensino da Geografia. In: X Encontro Nacional de Prática de Ensino em Geografia, 2009, Porto Alegre - RS. Anais do X Encontro Nacional de Prática de Ensino em Geografia, p. 20-33. Porto Alegre - RS: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2009.

PEREIRA, P. P. G. O sertão dilacerado: outras histórias de Deus e o Diabo na terra do sol. Lua Nova: Revista de Cultura e Política, n. 74, p. 1-16, 2008.

PONTUSCHKA, N. N. A linguagem cinematográfica no ensino de Geografia. In: PONTUSCHKA, N. N. (org.) Para ensinar e aprender Geografia, p. 261-287. São Paulo - SP: Cortez, 2001.

PRYSTHON, A. Cinema e Periferia: constituição de um campo. In: III Enecult - Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, 2002, Salvador - BA. Anais do III Enecult - Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, p. 21-30. Salvador - BA: Universidade Federal da Bahia, 2007.

QUEIROZ FILHO, A. C. Cinema, Geografia e a Pesquisa Com Imagens. Morpheus, ano 6, n. 11, p. 1-15, 2007.

________. Geografias de Cinema - A espacialidade dentro e fora do filme. Estudos Geográficos, v. 2, n. 5, p. 73-91, 20072.

________. A Dimensão Interior: aproximações entre Cinema e Geografia. In: II Colóquio Nacional do Núcleo de Estudos em Espaço e Representações, 2007, Salvador - BA. Anais do II Colóquio Nacional do Núcleo de Estudos em Espaço e Representações, p. 1-13. Salvador - BA: Universidade Federal da Bahia, 20073.

________. Vila - Floresta - Cidade: território e territorialidades no espaço fílmico. 175 p. Tese (Doutorado em Geografia). Campinas - SP: Universidade Estadual de Campinas - SP, 2009.

RAMOS FILHO, E. da S. As lutas por terra e a atualidade da produção de vídeo documentário como instrumento de registro dos processos de produção do espaço geográfico. In: X Encontro de Geógrafos da América Latina, 2005, São Paulo - SP. Anais do X Encontro de Geógrafos da América Latina, p. 1-11. São Paulo - SP: Universidade de São Paulo, 2005.

ROCHA, S. M. Análise de conteúdo articulada à análise de gênero televisivo: proposta metodológica para interpretação das representações nas narrativas mediáticas. Revista Fronteiras - Estudos Midiáticos, n. 2, p. 121-134, 2008.

SANTOS, A. N. G. A Geografia das Imagens: discutindo o espaço público no filme de Eric Rohmer. Espaço e Cultura, n. 25, p. 17-30, 2009.

SANTOS, C.; CHAVES, J. Cinema: um instrumento no Ensino de Geografia com vista àmelhoria do Ensino Médio. In: XIV Seminário de Iniciação Científica da UEFS, 2010, Feira de Santana - BA. Anais do XIV Seminário de Iniciação Científica da UEFS, p. 815-818. Feira de Santana - BA: Universidade Estadual de Feira de Santana, 2010.

SANTOS, F.; SILVA, S. O uso dos filmes no Ensino de Geografia: Cultura, Percepção e Aprendizagem. In: XVI Encontro Nacional dos Geógrafos, 2010, Porto Alegre - RS. Anais do XVI Encontro Nacional dos Geógrafos, p. 1-5. Porto Alegre - RS: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2010.

SANTOS, M. O País Distorcido: o Brasil, a globalização e a cidadania. 1a ed. São Paulo: Publifolha, 2002, 221 p.

SOUSA NETO, M. F. de. O Território em Cena: Geografia, Cinema e Imperialismo. Revista da Faculdade de Letras - Geografia da Universidade do Porto, v. 2, série 2, p. 155-160, 2008.

TAÚ, A. C. A Geografia da Exclusão Social: um olhar sobre o filme O Primeiro Dia. In: I Seminário Memória e Contemporaneidade, 2005, Campinas - SP. Anais do I Seminário Memória e Contemporaneidade, p. 1-9. Campinas - SP: Universidade Estadual de Campinas, 2005.

Publicado
2016-07-04
Seção
Artigos