Pórtico Trágico, Afrontar a própria alma pra despertá-la fim do orgulho de ser

  • Marcus Mota

Resumo

.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Mota, M. (1). Pórtico Trágico, Afrontar a própria alma pra despertá-la fim do orgulho de ser. Revista Cerrados, 4(4), 125-126. Recuperado de http://periodicos.unb.br/index.php/cerrados/article/view/771
Seção
Poesia