Ethos do olhar viajante na ficção de Samuel Rawet e João Gilberto Noll

Palavras-chave: Samuel Rawet. João Gilberto Noll. Viagem. Olhar.

Resumo

Traçando um olhar comparatista entre as obras dos escritores Samuel Rawet e João Gilberto Noll, o artigo explora o deslocamento como estratégia narrativa recorrente na obra desses dois ficcionistas. Com esse enfoque, partindo das reflexões teóricas de Sérgio Cardoso (1995) sobre a diferença fenomenológica que a experiência de viagem instala entre o olhar e o ver, analisa-se como os personagens deambulantes de Rawet e Noll, em seus périplos pelos espaços urbanos, estabelecem um modo sensível de perscrutar/olhar a paisagem.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O que é o contemporâneo e outros ensaios. Chapecó: Argos, 2009.

BAUMAN, Zygmunt.Modernidade Líquida. Tradução de Mauro Gama e Cláudia Martinelli Gama. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999.

BHABHA, Homi K. O local da cultura. Tradução de Myriam Ávilla et al. Belo Horizonte: Ed UFMG, 2005.

CARDOSO, Sérgio. O olhar viajante (do etnólogo). In: NOVAES, Adauto (Org.). O olhar. São Paulo: Cia. Das Letras, 1988.

CHIARELLI, Stefania. Vidas em trânsito: as ficções de Samuel Rawet e Milton Hatoum. São Paulo: Annablume, 2007.

CURY, Maria Zilda Ferreira e PIRES, Maria Isabel Edom. “´O profeta´de Samuel Rawet: moldura narrativa, corte cinematográfico e cena expressionista”. In: Revista Scripta. V. 21, n. 42, p. 274-294, 2017.

ISER, Wolfgang. O fictício e o imaginário: perspectivas de uma antropologia literária. RJ, Eduerj, 1991.

KOLH BINES, R. Modos de desconexão: a crítica brasileira e a obra de Samuel Rawet. In: Dez ensaios sobre Samuel Rawet. Brasília: Editora LGE, 2007.

LOUVEL, Liliane. A descrição pictural: por uma poética do iconotexto. In: ARBEX, Márcia (org.). Poéticas do visível: ensaios sobre a escrita e a imagem. Belo Horizonte: UFMG, 2006.

NITRINI, Sandra. Literaturacomparada: história, teoria e crítica. SP: Edusp, 2010.

NOLL, João Gilberto. Rastros do Verão. Porto Alegre: LPM, 1986.

______. Hotel Atlântico. RJ: Rocco, 1989.

______. O príncipe da natividade. In: A máquina de ser: contos. Rio de Janeiro: Frente, 2008.

______. Anjo das Ondas. São Paulo: Ática e Scipione, 2010.

______. Solidão Continental. São Paulo: Record, 2012.

______. Lorde. SP: Record, 2014.

SAID, Edward. Reflexões sobre o exílio e outros ensaios. Tradução de Pedro Maia Soares. São Paulo: Cia das Letras, 2003, p. 59.

RAWET, Samuel. Abama. In: Contos e novelas reunidos. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2004.

______. “Crônicas de um vagabundo”. In: Contos e novelas reunidos. Rio de janeiro: Civilização Brasileira, 2004.

TODOROV, Tzvetan. O homem desenraizado. SP: Record, 1999.

URRY, John. Mobilities. Cambridge: Polity Press, 2010.

______. O olhar do turista: lazer e viagens nas sociedades contemporâneas. SP: Sesc, 2001.

WALDMAN, Berta. Entre passos e rastros. SP: Editora Perspectiva, 2002.

Publicado
2019-02-01
Como Citar
Cardoso, B., & Pires, M. I. (2019). Ethos do olhar viajante na ficção de Samuel Rawet e João Gilberto Noll. Revista Cerrados, 27(48), 22-46. https://doi.org/10.26512/cerrados.v27i48.21845