Em busca da autora:

o caso de Idra Novey, tradutora de Clarice Lispector

  • Cynthia Beatrice Costa Universidade Federal de Uberlândia
Palavras-chave: Idra Novey, Tradução, Clarice Lispector, Morte do autor, Recriação

Resumo

Este artigo investiga referências à tarefa tradutória contidas no livro Ways to Disappear(2016), publicado no Brasil como A arte de desaparecer (2017), de Idra Novey, propondo a seguir possíveis relações entre essas referências e a tradução realizada por Idra de A Paixão Segundo G.H., de Clarice Lispector. A hipótese examinada é a de que, apesar de um desejo declarado de ter podido conversar com Clarice e do enredo de seu romance, que gira em torno da busca de uma tradutora por sua autora, Idra mostra-se autônoma em seu projeto tradutório, o que condiz com as noções de “morte do autor”, de Roland Barthes (1988), e de tradução literária como recriação, de Haroldo de Campos (2010; 2013).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cynthia Beatrice Costa, Universidade Federal de Uberlândia

Doutora em Estudos da Tradução (2016) pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mestre em Literatura e Crítica Literária (2008) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Bacharel em Jornalismo (2002) Faculdade Cásper Líbero. 

Referências

BARTHES, Roland. A morte do autor. In: BARTHES, Roland. O rumor da língua. Tradução de Mário Laranjeira. São Paulo: Brasiliense, 1988.

BERMAN, Antoine. A tradução e a letra ou o albergue do longínquo. Tradução de Marie-Hélène C. Torres, Mauri Furlan, Andreia Guerini. Florianópolis: PGET/UFSC, 2012.

BORELLI, Olga. A difícil definição. In: LISPECTOR, Clarice. A paixão segundo G.H – edição crítica. Coordenação de Benedito Nunes. 2ª edição. Madri: ALLCA XX, 1996.

BRITTO, Paulo Henriques. O tradutor como mediador cultural. Synergies Brésil, no spécial 2, 2010, pp. 135-141.

BRITTO, Paulo Henriques. [Orelha de livro] In: NOVEY, Idra. A arte de desaparecer. Tradução de Roberto Taddei. São Paulo: Editora 34, 2017.

CAMPOS, Haroldo de. Da tradução como criação e como crítica. In: CAMPOS, Haroldo de. Metalinguagem & outras metas. Petrópolis: Vozes, 2010.

CAMPOS, Haroldo de. Transcriação. Org. Marcelo Tápia e Thelma Médici Nóbrega. São Paulo: Perspectiva, 2013.

CZEKSTER, Gustavo Melo. A arte de decepcionar um leitor. 05/06/2018. Disponível em: https://www.revistaamalgama.com.br/06/2018/resenha-a-arte-de-desaparecer-idra-novey/. Último acesso em 12/12/2018.

LACAN, Jacques. The Four Fundamental Concepts of Psycho-Analysis. Trad. de Alan Sheridan. Londres e Nova York: Routledge, 2018.

LISPECTOR, Clarice. A paixão segundo G.H – edição crítica. Coordenação de Benedito Nunes. 2ª edição. Madri: ALLCA XX, 1996.

LISPECTOR, Clarice. A paixão segundo G.H. Rio de Janeiro: Rocco, 1998.

LISPECTOR, Clarice. The Passion According to G.H. Tradução de Idra Novey. Nova York: Penguin Books, 2012.

MOSER, Benjamin. Clarice,: uma biografia. São Paulo: Companhia das Letras, 2017.

NOVEY, Idra. A arte de desaparecer. Tradução de Roberto Taddei. São Paulo: Editora 34, 2017.

NOVEY, Idra.Clarice: The Visitor. Chicago: University of Chicago Press, 2014.

NOVEY, Idra. Ways to Disappear. Nova York: Little, Brown and Company, 2016. E-Book.

NUNES, Benedito. Introdução do coordenador. In: NUNES, Benedito. (coord.). O mundo de Clarice Lispector. Edições Governo do Estado do Amazonas, 1966.

ROSENBAUM, Yudith. Clarice Lispector. São Paulo: Publifolha, 2010.

SÁ, Olga de. Clarice Lispector: a travessia do oposto. 2ª edição. São Paulo: Annablume, 1999.

VENUTI, Lawrence. Escândalos da tradução: por uma ética da diferença. Trad. de Laureano Pelegrin, Lucinéia M. Villela, Marileide D. Esquerda e Váleria Biondo. Bauru: Edusc, 2002.

VENUTI, Lawrence. The Translator’s Invisibility: a history of translation. Londres: Routledge, 1995.

Publicado
2018-12-31
Como Citar
Costa, C. (2018). Em busca da autora:. Belas Infiéis, 7(2), 79-95. https://doi.org/10.26512/belasinfieis.v7i2.20577
Seção
Artigos