Sobre a Revista

Foco e Escopo

Surgida na França do século XVII, quando muito se discutia a respeito de 'fidelidade' na arte tradutória, a expressão Belas Infiéis remete à constante discussão sobre a manutenção da beleza presente na forma do original versus o respeito ao conteúdo. O traduzir envolve manipulação, envolve o desejo de ser fiel e de criar, de ser visível e invisível. Assim, as traduções sofrem perdas, mas também oferecem ganhos e, ao final do trabalho, geralmente pressionado pelo tempo, o tradutor continua refletindo sobre as (im)possibilidades da tradução.

A revista Belas Infiéis surgiu em 2011 do anseio dos docentes e discentes do recém-criado curso de Pós-Graduação em Estudos da Tradução - POSTRAD, do Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução (LET), da Universidade de Brasília (UnB), em ampliar as oportunidades de difusão do pensamento científico nessa área.

Esta revista acadêmica eletrônica semestral objetiva divulgar artigos, artigos traduzidos, traduções literárias, entrevistas, traduções comentadas, resenhas de livros que versam sobre Estudos da Tradução, resenhas de traduções, além de “arquivos”. Esses trabalhos serão produzidos por estudantes e pesquisadores de Cursos de Pós-Graduação e Bacharelado em Tradução, pertencentes a instituições nacionais e estrangeiras de reconhecido mérito acadêmico, tradutores, estudiosos da tradução, com vistas a oferecer mais um espaço de difusão e discussão da produção acadêmica acerca dos Estudos da Tradução. Destina-se aos estudiosos e pesquisadores deste campo do saber, sendo um convite para se aprofundarem nos estudos e compartilharem experiências.

A revista Belas Infiéis garante a qualidade de seus textos por meio de avaliações realizadas rigorosamente às cegas por pares. Os textos submetidos no sistema da revista Belas Infiéis serão avaliados pela equipe editorial com relação à adequação às normas da revista. A avaliação às cegas (blind review) será realizada por, pelo menos, dois estudiosos da área. Os avaliadores estão elencados no Expediente da revista. Serão convidados avaliadores ad hoc em caso de necessidade.

Oferecemos a revista Belas Infiéis à comunidade de tradutores e pesquisadores em Estudos da Tradução.

Equipe Belas Infiéis

 

Políticas de Seção

Verificar as Diretrizes para autores

Artigos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos Traduzidos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Traduções literárias

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevistas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Arquivos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Tradução Comentada

A seção TRADUÇÃO COMENTADA é mais publicada a partir de 2017. As traduções comentadas deverão ser enviadas para a seção ARTIGOS.
Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas de Tradução

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

1. A revista Belas Infiéis garante a qualidade de seus textos por meio de avaliações realizadas rigorosamente às cegas por pares.
2. Os textos submetidos pelo sistema da revista Belas Infiéis serão avaliados pela equipe editorial com relação à adequação às normas da revista.
3. A avaliação às cegas (blind review) será realizada por, pelo menos, dois estudiosos da área. Os avaliadores estão elencados no Expediente da revista; serão convidados avaliadores ad hoc em caso de necessidade.
4. As colaborações submetidas à Revista Belas Infiéis serão inicialmente avaliadas, quanto ao seu caráter científico e sua conformidade com às diretrizes aos autores, ao foco e ao escopo da revista. Após a aprovação na avaliação inicial, passa-se à apreciação por pares duplo-cego, à qual considera os seguintes aspectos:
        1º. Conformidade do texto às regras estabelecidas pela revista Belas Infiéis;
        2º. Pertinência do artigo ao periódico;
        3º. Originalidade;
        4º. Clareza e coerência do título, resumo e palavras-chave;
        5º. Estrutura e organização do texto;
        6º. Atualidade e relevância do tema;
        7º. Coerência e pertinência da argumentação;
        8º. Coerência e pertinência da fundamentação teórica;
        9º. Consistência metodológica;
        10º. As considerações finais condizem com os objetivos propostos;
        11º. Pertinência, relevância e atualidade das referências bibliográficas;
        12º. Linguagem e qualidade da redação.

5. Os originais poderão receber uma das seguintes avaliações:
        a. Não publicar. Este manuscrito não é adequado para publicação.
        b. Publicar. Trata-se de uma importante contribuição. Necessita no máximo de pequenas revisões.
        c. Publicar com alterações. Requer revisões. Pode ser uma boa contribuição, desde que revisto.
        d. Requer revisão completa. Este texto exige uma revisão extensa. O(a) autor(a) deve refazer o texto e submetê-lo à revista.
6. O tempo entre o recebimento e o aceite do artigo é de até cinco meses.
7. O tempo entre o recebimento e a publicação de artigo é de seis meses.
8. Todos os colaboradores serão comunicados do aceite ou da recusa de seus trabalhos pelo sistema da Revista Belas Infiéis. 

Os editores, após as avaliações realizadas por no mínimo dois especialistas da área, verificarão os pareceres em relação à contribuição em questão para, então, deliberarem acerca da publicação do artigo.

Periodicidade

Semestral. Formato eletrônico: PDF

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração.   

Taxa de submissão e de processamento de manuscritos

A Revista Belas Infiéis não cobra qualquer tipo de taxa dos autores para submissão e processamento de manuscritos.

Público

Poderão submeter artigos, entrevistas, traduções comentadas, resenhas, resenhas de tradução e arquivos (levantamentos de traduções):

I) Mestrandos, mestres, doutorandos e doutores – não necessitam de coautoria;

II) Graduandos e graduados – desde que em coautoria com um professor-orientador.