Prazer e memória no Filebo

  • Marcelo Pimenta Marques UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

Abstract

O propósito deste artigo é analisar algumas passagens sobre a percepção sensível no Filebo de Platão, tendo em vista a relação entre prazer e memória. No contexto da análise dos prazeres (31B-39A), que tipos ou níveis diferentes de memória podemos efetivamente identificar de maneira consistente com as exigências da argumentação?  Proponho reconhecermos um gênero maior que é a memória, com duas espécies, que se diferenciam, seja pelo processo, seja pelo resultado: a lembrança (mnéme), vista como preservação da percepção, e a rememoração (anámnesis), compreendida como recuperação de diferentes afecções experimentadas através do corpo, percepções ou conhecimentos. 

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Marcelo Pimenta Marques, UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

PROFESSOR DE FILOSOFIA DO DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. PESQUISADOR EM FILOSOFIA GREGA ANTIGA.

Published
2014-07-14
How to Cite
Marques, M. (2014). Prazer e memória no Filebo. Archai: The Origins of Western Thought, (13), 91. Retrieved from http://periodicos.unb.br/index.php/archai/article/view/8488