No meio do caminho tinha Diotima

  • Jovelina Maria Ramos de Souza Universidade Federal do Pará

Abstract

A presente exposição pretende retomar as representações de Diotima no discurso poético-filosófico de Platão e Hölderlin. Independente da época na qual a imagem de Diotima foi traçada por cada um dos dois autores, a ideia que ela representa, no contexto da obra do filósofo grego e do poeta alemão é marcada pela ambiguidade. A arquitetônica de Diotima, seja a de Platão ou a de Hölderlin, se sustenta na noção de alteridade, espécie de espelho através do qual as imagens de Safo de Lesbos e Susette Gontard parecem se fundir na figura da personagem platônica e hölderliana. Na caracterização da sacerdotisa/filósofa de Mantineia ou da amada de Hipérion/Hölderlin (fonte de inspiração para muitos de seus poemas) a alusão ao elemento mediador (daimon) é determinante, pois através da ficção envolvendo o nome de Diotima, ambos falam do amor e da beleza (visível ou humana, segundo a referência de um e outro) para sustentar a sua argumentação teórica acerca do amor e do belo, mediada pelas noções de carência e desejo, em um espaço comum tanto a Platão como a Hölderlin, a poesia e a filosofia.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Jovelina Maria Ramos de Souza, Universidade Federal do Pará

Possui graduação em Filosofia (Licenciatura Plena) pela Universidade Federal do Pará (1988), Mestrado em História da Filosofia Antiga pela Universidade Federal de Minas Gerais (2002) e Doutorado em Filosofia pelo Programa de Doutorado Integrado em Filosofia - UFPB/UFPE/ UFRN (2011). Atualmente é Professor Adjunto I da Universidade Federal do Pará desenvolvendo pesquisas no Programa de Pós-Graduação em Filosofia e no curso de Graduação em Filosofia. Sócio efetivo da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos. Membro do GT de Filosofia Antiga da ANPOF, integrando o Núcleo de Sustentação do grupo. Membro da Sociedade Brasileira de Platonistas. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Filosofia Antiga, atuando principalmente nos seguintes temas: Platão, Filosofia e Poesia. Desenvolve o Projeto de Pesquisa: "A recepção do drama grego: diálogos entre a modernidade e a antiguidade". Trabalha com Filosofia Moderna pesquisando a recepção dos gêneros dramáticos gregos no pensamento moderno. Líder do POIESIS - Grupo de Pesquisa em Filosofia Antiga e Recepção. Membro da Comissão Assessora de Área do ENADE 2014. Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFPA. 

Published
2014-07-14
How to Cite
Ramos de Souza, J. (2014). No meio do caminho tinha Diotima. Archai: The Origins of Western Thought, (13), 131. Retrieved from http://periodicos.unb.br/index.php/archai/article/view/8486