Mnemosyne e Lethe:

a interpretação heideggeriana da verdade

  • Alexandre Rubenich Silva Unisinos

Abstract

O texto propõe articular a interpretação heideggeriana da verdade à luz da concepção de memória/reminiscência elaborada por Martin Heidegger em sua leitura fenomenológico-hermenêutica de Platão. Para tanto, o trabalho aproxima as interpretações apresentadas pelo filósofo alemão em dois textos complementares, a saber, Platons Lehre von der Wahrheit Parmenides, tendo como pano de fundo a hipótese de que a memória não se constitui sem ter por base uma perda originária, um ‘ao menos um’ que jamais comparece na totalidade do que se desvela, mas que serve de reserva e fonte para todo o pensar e dizer dos pensadores.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Alexandre Rubenich Silva, Unisinos

Mestre em Filosofia. Doutorando PPG-Filosofia Unisinos. Bolsista Capes/Prosup

Published
2014-07-14
How to Cite
SilvaA. R. (2014). Mnemosyne e Lethe:. Archai: The Origins of Western Thought, (13), 71. Retrieved from http://periodicos.unb.br/index.php/archai/article/view/8485