A utilização do termo ἀμφίστομος no grande tratado antignóstico de Plotino e nos oráculos Caldáicos

  • Luciana Gabriela Soares Santoprete Laboratoire Européen d’Histoire et Anthropologie des Savoirs, des Techniques et des Croyances

Abstract

O artigo analisa a hipótese emitida por Willy Theiler em 1965 e retomada por John Dillon em 1992, segundo a qual o termo ἀμφίστομος (‘com dois rostos’, ‘com duas bocas’) empregado por Plotino uma única vez na primeira parte da sua tetralogia antignóstica, isto é, no Tratado 30 (III, 8), 9, 31, constitui uma expressão característica dos Oráculos Caldáicos. Afim de examinar essa hipótese, nós resumimos o debate entre especialistas a respeito dessa hipótese e analisamos os diferentes sentidos implicados no uso da expressão ἀμφίστομος nos Oráculos Caldáicos e em Plotino a partir do contexto polêmico no qual ela é citada. Nossa conclusão é que o estudo da metafísica medioplatônica dos Oráculos Caldáicos pode trazer uma melhor compreensão do diálogo entre os pensamentos plotiniano e gnóstico, e que a presença de uma polêmica medioplatônica nesse tratado antignóstico torna plausível uma referência direta da parte de Plotino à um termo característico do vocabulário dos Oráculos Caldáicos.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Luciana Gabriela Soares Santoprete, Laboratoire Européen d’Histoire et Anthropologie des Savoirs, des Techniques et des Croyances

Pesquisadora no Laboratoire d’Excellence - Laboratoire Européen d’Histoire et Anthropologie des Savoirs, des Techniques et des Croyances (LabEX-HASTEC), e no Centre Jean Pépin, UPR 76, CNRS, Paris, France.

Published
2013-06-02
How to Cite
Santoprete, L. G. (2013). A utilização do termo ἀμφίστομος no grande tratado antignóstico de Plotino e nos oráculos Caldáicos. Archai: The Origins of Western Thought, (10), 103. Retrieved from http://periodicos.unb.br/index.php/archai/article/view/8369