Performance e inteligibilidade

traduzindo Íon, de Platão

  • Marcus Mota

Abstract

Ion, de Platão, pode ser lido como um estratégico esclarecimento da relação entre texto e performance. Trata-se de um dialogo filosófico que se vale de argumentos e situações performativas. Na tradução que se segue procuramos frisar pressupostos de leitura que explicitam tal orientação dramática fundamental.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2010-04-07
How to Cite
Mota, M. (2010). Performance e inteligibilidade. Archai: The Origins of Western Thought, (2), 183-204. Retrieved from http://periodicos.unb.br/index.php/archai/article/view/1278