A biblioteca universitária e sua intervenção no contexto social: fomentando práticas multifuncionais

Jorge Santa Anna

Resumo


As atividades culturais e recreativas correspondem a determinadas funções desempenhadas pelas bibliotecas modernas, principalmente as de âmbito universitário, que, juntamente com as funções educacionais, constituem os produtos e serviços bibliotecários. No entanto, as funções relacionadas à cultura e recreação nem sempre são consideradas como prioridade nesses espaços. Assim, este estudo demonstra a realidade das bibliotecas universitárias instaladas em um município, no que se refere às funções culturais/recreativas por elas desenvolvidas, e a percepção dos bibliotecários quanto às ações realizadas no fomento à cultura, ao lazer e à socialização. A amostragem desta pesquisa constituiu-se por seis bibliotecas e o instrumento para coleta de dados foi o questionário com perguntas abertas e fechadas. Por meio do estudo de campo, demonstrou-se a realidade dessas bibliotecas quanto às funções sociais por elas realizadas, constatando que, nessas bibliotecas, as atividades sociais, voltadas para a cultura e lazer, ainda não são praticadas, tendo maior preocupação as funções informacionais direcionadas à gestão dos acervos. Foi possível constatar que os bibliotecários reconhecem as potencialidades da biblioteca, ao contribuir com a função social, extrapolando as funções meramente informacionais. Na visão dos profissionais entrevistados, as bibliotecas e seus profissionais também possuem a capacidade de oferecer serviços culturais, de entretenimento, realizando ações sociais que vão além do acervo informacional. Assim, as unidades cumprem com o papel social, tornando-se espaços abertos, democráticos, de socialização, transformando-se em verdadeiros espaços de convivência, de modo a acompanhar as gerações vindouras com produtos, serviços e atividades inovadoras.


Palavras-chave


Atividades culturais; Bibliotecas universitárias; Cultura; Espaços de convívio; Produtos bibliotecários; Serviços bibliotecários.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco de. Sociedade e biblioteconomia. São Paulo: Polis, 1997.

ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila. O pensamento crítico na Arquivologia, biblioteconomia e na Museologia. INCID, Ribeirão Preto, v. 5, n. 1, p. 27-46, mar./ago. 2014.

BEM, Roberta Moraes de. NUEMBERG, Adriano Henrique; PEREIRA, Clarissa Agostini; RICHTER, Marivone. O papel da Biblioteca Universitária na vida acadêmica do estudante com deficiência: Ambiente de Acessibilidade Informacional da UFSC. In: AMBONI, Narcisa de Fátima (Org.). Gestão de bibliotecas universitárias: experiências e projetos da UFSC. Florianópolis: UFSC, 2013, p. 69-78

BERNARDINO, Maria Cleide Rodrigues; SUAIDEN, Emir José. O papel social da biblioteca pública na interação entre informação e conhecimento no contexto da ciência da informação. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 16, n. 4, p. 29-41, out./dez. 2011. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/1257/970 Acesso em: 4 mar. 2016.

BURKE, Peter. Uma história social do conhecimento: de Gutenberg a Diderot. Rio de Janeiro: Zahar, 2003.

CARVALHO, Isabel Cristina Louzada. A socialização do conhecimento no espaço das bibliotecas universitárias. Rio de Janeiro: Interciência, 2004.

CARVALHO, Maria Carmen Romcy de. Apresentação. In: LUBISCO, Nídia (Org.). Biblioteca universitária: elementos para o planejamento, avaliação e gestão. Salvador: EDUFBA, 2011, p. 9-10.

CASTRO FILHO, Cláudio Marcondes. O novo modelo de biblioteca universitária: centro de recursos para a aprendizagem e investigação. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 15., 2008, Campinas. Anais... Campinas: Unicamp, 2008.

COELHO, Francisco Teixeira. O que é ação cultural. São Paulo: Brasiliense, 2001.

CUNHA, Murilo Bastos da. A biblioteca universitária na encruzilhada. DataGramaZero, Rio de Janeiro, v. 11, n. 6, dez. 2010. Disponível em: http://repositorio.unb.br/handle/10482/14869 Acesso em: 2 mar. 2016.

CYSNE, F.P. Biblioteconomia: dimensão social e educativa. Fortaleza: EUFC, 1993.

FERREIRA, Rubens da Silva. Transpondo muros, construindo relações: uma reflexão sobre bibliotecas universitárias e extensão no Brasil. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 9, n. 2, p. 75-88, jan./jun. 2012. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/1912/pdf_21 Acesso em: 5 mar. 2016.

FERREIRA, Danielle et al. A biblioteca universitária e o incentivo à leitura: práticas e experiências da biblioteca da área de engenharia e arquitetura da UNICAMP. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 18, Anais Eletrônicos, Belo Horizonte: Biblioteca Central da UFMG, 2014. Disponível em: https://www.bu.ufmg.br/snbu2014/wp-content/uploads/trabalhos/170-1771.pdf Acesso em: 5 mar. 2016.

FONSECA, Edson Nery da. Introdução à biblioteconomia. 2. ed. São Paulo: Briquet de Lemos, 2007.

FLUSSER, Victor. O bibliotecário animador: considerações sobre sua formação. Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG, Belo Horizonte, v. 11, n. 2, p. 230-236, 1983. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/index.php/article/download/15805 Acesso em: 29 abr. 2014.

FUJITA, Mariângela Spotti Lopes. Aspectos evolutivos das bibliotecas universitárias em ambiente digital na perspectiva da rede de bibliotecas da UNESP. Informação & Sociedade: estudos, João Pessoa, v. 15, n. 2, p. 97-112, jul./dez. 2005. Disponível em: http://www.ies.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/33 Acesso em: 17 maio 2013.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

LEVACOV, Marília. Bibliotecas virtuais: (r)evolução? Ciência da Informação, v. 26, n. 2, mar./ago. 1997. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/697/706 Acesso em: 5 mar. 2016.

MARTINS, W. A palavra escrita: história do livro, da imprensa e da biblioteca. 2. ed. São Paulo: Ática, 2002.

MILANESI, Luís. Biblioteca. Cotia: Ateliê Editorial, 2002.

MONTEIRO, Samuel Alves; SILVA, Jonathas Luiz Carvalho. Serviços de informação utilitária em bibliotecas universitárias. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 19, n. 1, p. 61-68, jan./jun., 2014. Disponível em: http://revista.acbsc.org.br/racb/article/viewFile/918/pdf_87 Acesso em: 5 mar. 2016.

NOVELLI, Valéria Aparecida. A biblioteca universitária como espaço social: informação, cultura, lazer e convivência reunidos. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 18., 2014, Belo Horizonte, Anais Eletrônicos, Belo Horizonte: Biblioteca Central da UFMG, 2014. Disponível em: https://www.bu.ufmg.br/snbu2014/wp-content/uploads/trabalhos/373-1869.pdf Acesso em: 5 mar. 2016.

PINHEIRO, Liliane Vieira. O modelo participativo no desenvolvimento de coleções: o caso do Sistema de Bibliotecas da UFSC. In: AMBONI, Narcisa de Fátima (Org.). Gestão de Bibliotecas Universitárias: experiências e projetos da UFSC. Florianópolis: Biblioteca Universitária UFSC, 2013. p. 35-45.

RASCHE, Francisca; VARVAKIS, Gregório. Bibliotecas públicas e seus serviços. In: CUNHA, Mirian Vieira da; SOUZA, Francisco das Chagas (Org.). Comunicação, gestão e profissão: abordagens para o estudo da ciência da informação. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. p. 127-140.

RIBAS, Cláudia da Cunha; ZIVIANI, Paula. O profissional da informação: rumos e desafios para uma sociedade inclusiva. Informação & Sociedade: Estudos. João Pessoa, v. 17, n. 3, p. 47-57, set./dez. 2007.

RIBEIRO, Rejane Maria Rosa; CAVALCANTE, Carolina. Ação cultural em bibliotecas universitárias: um serviço da seção de referência como instrumento de interação social no sistema de bibliotecas da Universidade Estadual de Feira de Santana (SISBI-UEFS). In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 18., 2014, Belo Horizonte. Anais Eletrônicos, Belo Horizonte: Biblioteca Central da UFMG, 2014. Disponível em: https://www.bu.ufmg.br/snbu2014/wp-content/uploads/trabalhos/70-1716.pdf Acesso em: 5 mar. 2016.

SANCHES, Gisele Ribeiro; RIO, Sinomar Ferreira do. Mediação da Informação no fazer do bibliotecário e seu processo em bibliotecas universitárias no âmbito das ações culturais. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, Ribeirão Preto, v. 1, n. 2, p. 103-121, jul./dez. 2010. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/incid/article/view/42323 Acesso em: 5 mar. 2016.

SANTA ANNA, Jorge; GREGÓRIO, Elaine; GERLIN, Merinádia Marques. Atuação bibliotecária além da biblioteca: o espaço de leitura do Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes (HUCAM). Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 19, n. 1, p. 77-88, jan./jun. 2014. Disponível em: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/953/pdf_89 Acesso em: 5 mar. 2016.

SANTA ANNA, Jorge. A biblioteca universitária no presente: de labirinto à encruzilhada em busca da biblioteca híbrida. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 20, n. 1, p. 6-18, jan./abr. 2015. Disponível em: http://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/982/pdf_117 Acesso em: 5 mar. 2016.

SANTA ANNA, Jorge. PEREIRA, Gleice; CAMPOS, Suelen de Oliveira. Compartilhamento de informações/conhecimento em biblioteca universitária: cooperação interbibliotecária em face das novas tecnologias. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 20, n. 2, p. 170-184, maio/ago. 2015. Disponível em: http://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/986/pdf Acesso em: 4 mar. 2016.

SANTA ANNA, Jorge; MAIA, Maria de Lourdes Franklin. Manifestações simbólicas de punição/proibição em bibliotecas: espaços de acolhimento ou coerção? Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 20, n. 2, p. 272-285, maio/ago. 2015. Disponível em: http://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/988/pdf Acesso em: 5 mar. 2016.

SANTA ANNA, Jorge; CALMON, Maria Aparecida. O bibliotecário atuante em bibliotecas universitárias no século XXI: a necessidade de adequação ao moderno profissional da informação (MIP). Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 14, n. 1, p. 49-67, jan./abr. 2016. Disponível em: http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/2127/9516 Acesso em: 5 mar. 2016.

SERRA, Liliane Giusti. Bibliotecas do futuro e o foco no usuário. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 6, n. 1, p. 11-19, ago. 2013. Disponível em: http://www.crb8.org.br/wp-content/uploads/2017/06/bibliotecas-do-futuro-e-o-foco-no-usuario.pdf Acesso em: 5 mar. 2016.

SILVEIRA, Fabrício José Nascimento da. Biblioteca pública e identidade: percepções intersubjetivas enraizadas em torno da Luiz de Bessa. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 19, número especial, p.128-150, out./dez. 2014. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/viewFile/2283/1474 Acesso em: 17 ago. 2015.

SOUZA, Cátia Cristina Souza. O prazer de ler por ler: leitura lazer na biblioteca universitária. 2013. Disponível em: http://tudosobreleitura.blogspot.com.br/2013/09/o-prazer-de-ler-por-ler-leitura-lazer.html Acesso em: 5 mar. 2016.

VICENTINI, Luis Atilio et al. O papel da biblioteca universitária no incentivo à leitura e promoção da cidadania. Revista Biblios, ano 8, n. 27, fev./mar. 2007. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=2281822 Acesso em: 5 mar. 2016.

WANDERLEY, Luiz Eduardo. O que é universidade? 2.ed. São Paulo: Brasiliense, 1984.




Revista Ibero-americana de Ciencia de la Información (RICI)
ISSN 1983-5213
Uma publicação da Universidade de Brasília - UnB
Todos os trabalhos publicados aqui estão sob uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

CC-BY-NC

 

Siga-nos pelas redes sociais ... 

@riciunb

@riciunb