Tratamento descritivo e temático da informação: recomendações para estudos sobre aspectos semióticos na criação de registros bibliográficos

Daniela Majorie Akama dos Reis, Mariângela Spotti Lopes Fujita, Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa Santos, Zaira Regina Zafalon

Resumo


A criação de registros bibliográficos é um processo fundamental em bibliotecas, pois assim os profissionais da informação proporcionam o acesso aos documentos de um acervo por meio de um catálogo. A análise de domínio e dos aspectos semióticos são aspectos importantes a serem considerados durante a leitura documentária. Esta pesquisa apresenta caminhos diferenciados para o estudo da catalogação de forma e de assunto sob um viés semiótico. A catalogação de forma e de assunto exigem o contato com o documento, o que requer processos interpretativos complexos por parte dos profissionais. São exibidas duas pesquisas sobre a catalogação com diferentes enfoques teóricos sobre a semiótica. Os modelos apresentados ilustram a relação do tema com o tratamento da informação. Ao considerar os aspectos apresentados neste estudo teórico é possível categorizar como o profissional se comporta em contato com os documentos.



Palavras-chave


Catalogação de assunto; Catalogação de forma; Registro bibliográfico; Semiótica.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, C. C.; FUJITA, M. S. L.; REIS, D. M. dos. Peircean Semiotics and Subject Indexing: Contributions of Speculative Grammar and Pure Logic. Knowledge Organization: International Journal devoted to Concept Theory, Classification, Indexing and Knowledge Representation, v. 40, n. 4, p.225-243, 2013.

CHANDLER, D. Semiotics for beginners. Oxford: Routledge, 2004.

DIAS, E. W., NAVES M. M. L., MOURA, M. A. O usuário-pesquisador e a análise de assunto. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 6, n. 2, p. 205 - 221, jul./dez. 2001.

FIUZA, M. M. O ensino da Catalogação de assunto. Revista da Escola de Biblioteconomia UFMG, Belo Horizonte, v. 2, n. 14, p.257-269, set. 1985.

FRIEDMAN, A. Semiotics and Knowledge Organization. In: SMIRAGLIA, R. P. Cultural Frames of knowledge. Wisconsin-Milwaukee: Ergon, 2012. p. 125-135.

FUJITA, Mariângela Spotti Lopes. A leitura documentária na perspectiva de suas variáveis: leitor-texto-contexto. Datagramazero Revista de Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v. 5, n. 4, 2004.

GLUSHKO, R. J. (Ed.). The discipline of organizing. Cambridge, MA: MIT Press, 2013.

GUIMARÃES, J. A. C. A dimensão teórica do tratamento temático da informação e suas interlocuções com o universo científico da International Society for Knowledge Organization (ISKO). Revista Ibero-americana de Ciência da Informação (RICI), Brasília, v. 1, n. 1, p. 77-99, 2008.

GUIMARÃES, J. A. C. Abordagens teóricas em tratamento temático da informação: catalogação de assunto, indexação e análise documental. In: GARCÍA MARCO, Francisco Javier. (Org.). Avances y perspectivas en sistemas de información y de documentación. Zaragoza: Prensas Universitárias de Zaragoza, 2009, p. 105-117.

HJØRLAND, B. Domain analysis in information science: eleven approaches-traditional as well as innovative. Journal of Documentation, v. 58, p. 422-462, 2002.

MAI, J-E. The concept of subject in a semiotic light. In: SCHWARTS, C.; RORVIG, M. (ed.). Digital collections: implications for users, funders, developers and maintainers. Medford, NJ: Information Today, 1997a. p. 54-64. (Proceedings of the ASIS Annual Meeting; 34).

MAI, J-E. The concept of subject: on problems in indexing. In: McILWAINE, I. C. (ed.). Knowledge organization for information retrieval: 6th International Study Conference on Classification Research. The Hague: FID, 1997b. p. 60-67. (FID, n. 716).

MAI, J-E. Semiotics and indexing: na analysis of the subject indexing process. Journal of Documentation, v. 57, n. 5, p. 591-622, 2001.

MAI, J-E. Analysis in indexing: document and domain centered approaches. Information Processing and Management: An International Journal, Nova York, v. 41, p. 599-611, Feb. 2004a.

MAI, J-E. The role of domains, documents, and decisions in indexing. Advances in Knowledge Organization, Washington, v. 9, p. 207-213, 2004b.

REIS, D. M. dos. A importância da observação da estrutura textual durante a catalogação de assunto de livros científicos em bibliotecas universitárias: uma análise realizada a partir da técnica de Protocolo Verbal. 2012. 132 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2012. Disponível em: http://repositorio.unesp.br/handle/11449/93675. Acesso em: 15 fev. 2016.

SMIRAGLIA, R. P. Epistemology of Domain Analysis. In: SMIRAGLIA, R. P. Cultural Frames of knowledge. Wisconsin-Milwaukee: Ergon, 2012. p. 111-123.

THELLEFSEN, T. Semiotic Knowledge Organization: theory and method development. Semiótica, v. 142, p. 71-90, 2002.

THELLEFSEN, T. L.; BRIER, S.; THELLEFSEN, M. L. Problems concerning the process of subject analysis and the practice of indexing. Semiótica, S.l, v. 1, n. 144, p.177-218, abr. 2003. Disponível em: www.academia.edu/477312/Problems_concerning_the_process_of_subject_analysis_and_the_practice_of_indexing_A_semiotic_and_semantic_approach_towards_user_oriented_needs_in_ Acesso em: 26 jul. 2016.

WIKIPEDIA. Ring of Fire (song). 2017. Disponível em: https://en.wikipedia.org/wiki/Ring_of_Fire_(song) Acesso em: 14 set. 2017.

ZAFALON, Z. R. Scan for MARC: princípios sintáticos e semânticos de registros bibliográficos aplicados à conversão de dados analógicos para o Formato MARC21 bibliográfico. 2012. 169 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2012. Disponível em: http://www.marilia.unesp.br/Home/PosGraduacao/CienciadaInformacao/Dissertacoes/Zafalon,%20Z.R._doutorado_C.I._2012.pdf Acesso em: 18 fev. 2016.




UnB Revista Ibero-americana de Ciência da Informação (RICI)
ISSN 1983-5213
Faculdade de Ciência da Informação (FCI)
Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação

 

 

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.