O impacto do trabalho The Forms of Capital de Pierre Bourdieu na literatura científica internacional

  • Maurício de Vargas Corrêa Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Porto Alegre, RS, Brasil
  • Gonzalo Rubén Alvarez Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Porto Alegre, RS, Brasil
  • Samile Andrea de Souza Vanz Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Porto Alegre, RS, Brasil
  • Sônia Elisa Caregnato Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Porto Alegre, RS, Brasil
Palavras-chave: Pierre Bourdieu. Análise de citações.

Resumo

Aborda o impacto do trabalho The Forms of Capital de Pierre Bourdieu na literatura científica internacional por meio da análise das citações feitas a ele em publicações científicas. Através de um estudo bibliométrico, 5.631 documentos indexados na base Web of Science, que citaram o trabalho desde sua publicação até 2016, foram analisados e caracterizados quanto ao ano de publicação, idioma, tipologia documental, periódico de publicação, áreas do conhecimento, temas, instituições e países citantes. Os resultados sugerem (1) o crescimento exponencial do volume de citações recebidas, (2) o inglês como o idioma predominante nas publicações citantes, (3) a expressividade das citações de artigos científicos e artigos de revisão, (4) a grande dispersão dos artigos citantes em 1.637 títulos de periódicos, (5) a Sociologia, a Educação e Pesquisa Educacional e a Administração como as áreas que mais citaram o trabalho do autor, (6) a formação de clusters de termos teoricamente relacionados e a existência de linhas de investigação dentro do corpus, (7) a variedade de instituições citantes e (8) a concentração de publicações citantes nos países da América do Norte, Europa e Oceania. Conclui que o impacto do trabalho The Forms of Capital pode ser observado na produção científica de diversos países e áreas do conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maurício de Vargas Corrêa, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Porto Alegre, RS, Brasil

Doutorando no Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Gonzalo Rubén Alvarez, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Porto Alegre, RS, Brasil

Doutorando no Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Samile Andrea de Souza Vanz, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Porto Alegre, RS, Brasil

Professora no Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Sônia Elisa Caregnato, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Porto Alegre, RS, Brasil

Professora no Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Referências

ARCHAMBAULT, Éric; LARIVIÈRE, Vincent. The limits of bibliometrics for the analysis of the social sciences and humanities literature. In: UNITED NATIONS EDUCATIONAL, SCIENTIFIC AND CULTURAL ORGANIZATION. World social science report: knowledge divides. Paris, 2010. p. 251-254. Disponível em: <http://ost.openum.ca/files/sites/132/2017/06/WSSR_ArchambaultLariviere.pdf >. Acesso em: 6 dez. 2017.

BORTOLUCI, José Henrique; JACKSON, Luiz Carlos; PINHEIRO FILHO, Fernando Antonio. Contemporâneo clássico: a recepção de Pierre Bourdieu no Brasil. Lua Nova: revista de cultura e política, São Paulo, n. 94, p. 217-256, 2015.

BOURDIEU, Pierre. The forms of capital. In: Richardson, John G. (Ed.). Handbook of theory and research for the sociology of education. Westport: Greenwood Press, 1986. p. 241-258.

CATANI, Afrânio Mendes. A sociologia de Pierre Bourdieu (ou como um autor se torna indispensável ao nosso regime de leituras). Educação & Sociedade, Campinas, v. 23, n. 78, p. 57-75, abr. 2002.

CATANI, Afrânio Mendes; CATANI, Denice Bárbara; PEREIRA, Gilson R. de M. As apropriações da obra de Pierre Bourdieu no campo educacional brasileiro, através de periódicos da área. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 17, p. 63-85, maio/ago. 2001.

ÉCOLE NORMALE SUPÉRIEURE. Sciences, humanities, social sciences. [2007?]. Disponível em: <http://www.ens.fr/IMG/file/a_propos_ens/ENS_brochure_us.pdf >. Acesso em: 6 dez. 2016.

FERREIRA, Walace. Bourdieu e educação: concepção crítica para pensar as desigualdades socioeducacionais no Brasil. e-Mosaicos, Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, p. 46-59, jun. 2013.

GARFIELD, Eugene. Is citation analysis a legitimate evaluation tool? Scientometrics, Amsterdam, v. 1, n. 4, p. 359-375, 1979.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. Bourdieu e o ethos acadêmico. In: MARTELETO, Regina Maria; PIMENTA, Ricardo Medeiros (Org.). Pierre Bourdieu e a produção social da cultura, do conhecimento e da informação. Rio de Janeiro: Garamond, 2017. p. 7-13.

MONTAGNER, Miguel Ângelo. Pierre Bourdieu, o corpo e a saúde: algumas possibilidades teóricas. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 11, n. 2, p. 515-526, abr./jun. 2006.

NOGUEIRA, Maria Alice. Capital cultural. In: CATANI, Afrânio Mendes et al. (Org.) Vocabulário Bourdieu. Belo Horizonte: Autêntica, 2017.

SIEWEKE, Jost. Pierre Bourdieu in management and organization studies: a citation context analysis and discussion of contributions. Scandinavian Journal of Management, v. 30, n. 4, p. 532-543, 2014.

SILVA, Márcia Regina da; HAYASHI, Maria Cristina Piumbato Innocentini. O que Bourdieu tem a dizer sobre a Bibliometria? In: SEGUNDO, José Eduardo Santarem; SILVA, Márcia Regina da; MOSTAFA, Solange Puntel (Org.). Os pensadores e a Ciência da Informação. Rio de Janeiro: E-papers, 2012. p. 9-24.

VALLE, Ione Ribeiro. A obra do sociólogo Pierre Bourdieu: uma irradiação incontestável. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 33, n. 1, p. 117-134, jan./abr. 2007.

VALLE, Ione Ribeiro. O lugar da educação (escolar) na sociologia de Pierre Bourdieu. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 13, n. 38, p. 411-437, jan./abr. 2013.

VANZ, Samile Andréa de Souza; CAREGNATO, Sônia Elisa. Estudos de citação: uma ferramenta para entender a comunicação científica. Em Questão, Porto Alegre, v. 9, n. 2, p. 295-307, jul./dez. 2003.

WACQUANT, Loïc J. D. O legado sociológico de Pierre Bourdieu: duas dimensões e uma nota pessoal. Revista de Sociologia e Política, Curitiba, n. 19, p. 95-110, nov. 2002.

Publicado
2018-11-21
Como Citar
CorrêaM. de V., Rubén AlvarezG., VanzS. A. de S., & CaregnatoS. E. (2018). O impacto do trabalho The Forms of Capital de Pierre Bourdieu na literatura científica internacional. Revista Ibero-Americana De Ciência Da Informação, 12(1), 217-232. https://doi.org/10.26512/rici.v12.n1.2019.19527