Indicadores altmétricos da produção de pesquisadores brasileiros: análise dos bolsistas de produtividade do CNPq

  • Ronaldo Ferreira Araujo Universidade Federal de Alagoas, Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Maceió AL, Brasil http://orcid.org/0000-0003-0778-9561
  • Marcelo Alves Universidade Federal Fluminense, Instituto de Artes e Comunicação Social, Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Niterói, RJ, Brasil http://orcid.org/0000-0003-4995-6612
Palavras-chave: Altmetria. Atenção online. Bolsista de produtividade. CNPq. Impacto social.

Resumo

O presente trabalho analisa o desempenho altmétrico de publicações brasileiras cujos autores recebam bolsas de produtividade em pesquisa (PQ) concedidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Foram considerados para o universo da pesquisa os pesquisadores cujas bolsas de PQ estavam vigentes em outubro de 2017 (n = 14.609). A produção científica registrada no Currículo Lattes desses autores foi coletada pelo GetLattesData, pacote da linguagem R, e filtrada por artigos de periódicos acadêmicos publicados entre 2016 e outubro de 2017 que possuíssem o Digital Object Identifier (n = 99064). Os dados de atenção online foram analisados segundo sua distribuição por densidade e variação; idioma de publicação e área de conhecimento dos artigos. O desempenho médio por tipo de fonte dos dados altmétricos também foi avaliado. A maior parte dos artigos não apresentou indicadores de atenção online e bem poucos revelaram índices elevados. O melhor desempenho na atenção online foi verificado nas publicações em inglês das áreas de Ciências da Saúde e Ciências Biológicas, com destaque para o Mendeley e Twitter como fontes do maior número de menções.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ronaldo Ferreira Araujo, Universidade Federal de Alagoas, Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Maceió AL, Brasil

Doutor em Ciência da Informação (UFMG). Professor Adjunto da Universidade Federal de Alagoas.

Marcelo Alves, Universidade Federal Fluminense, Instituto de Artes e Comunicação Social, Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Niterói, RJ, Brasil

Doutorando em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense.

Referências

ALHOORI, H. et al. Altmetrics for Country-Level Research Assessment. In: TUAMSUK, K.; JATOWT, A.; RASMUSSEN, E. (ed.) The Emergence of Digital Libraries: research and practices. ICADL 2014. Lecture Notes in Computer Science, v. 8839, Springer, 2014.

ALPERIN, J. P.. Ask not what altmetrics can do for you, but what altmetrics can do for developing countries. Bulletin of the Association for Information Science and Technology, v. 39, n. 4, April/May 2013. Disponível em: <https://onlinelibrary.wiley.com/doi/pdf/10.1002/bult.2013.1720390407 >. Acesso em: 07 ago. 2018.

ALPERIN, J. P.. Geographic variation in social media metrics: an analysis of Latin American journal articles. Aslib Journal of Information Management, v. 67, n. 3, p. 289-304, 2015. Disponível em: <https://doi.org/10.1108/AJIM-12-2014-0176 >. Acesso em: 30 set. 2018.

ALTMETRIC. How is the Altmetric score calculated? September, 2017. Disponível em: <https://help.altmetric.com/support/solutions/articles/6000060969-how-is-the-altmetric-attention-score-calculated >. Acesso em: 11 dez. 2017.

CHO, J. A comparative study of the impact of Korean research articles in four academic fields using altmetrics. Performance Measurement and Metrics, v. 18, n. 1, p. 38–51, 2017. Disponível em: <https://doi.org/10.1108/pmm-02-2016-0005>. Acesso em: 30 set. 2018.

CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO (CNPq). Bolsas no país. Produtividade em Pesquisa - PQ. 2017. Disponível em: <http://cnpq.br/apresentacao13/ >. Acesso em 11 dez., 2017.

COSTAS, R.; ZAHEDI, Z.; WOUTERS, P. Do “altmetrics” correlate with citations? Extensive comparison of altmetric indicators with citations from a multidisciplinary perspective. Journal of the Association of Information Science and Technology, v. 66, n. 10, July 2014. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1002/asi.23309 >. Acesso em 21 set., 2017.

DAVENPORT, H., BECK, J. The Attention Economy: Understanding the New Currency of Business. Boston, MA: Harvard Business School Press, 2001.

FONSECA, F. P. C.; DIGIAMPIETRI, L. A. Análise da Relação entre Obtenção de Bolsas de Produtividade do CNPq e Medidas Bibliométricas e de Análise de Redes Sociais. In: BRAZILIAN WORKSHOP ON SOCIAL NETWORK ANALYSIS AND MINING, n. 5, July 2016. Anais… Porto Alegre, RS: BraSNAM, 2016.

GOUVEIA, F. C. A altmetria e a interface entre a ciência e a sociedade. Trabalho Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 14, n. 3, p. 643-645, dez. 2016. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/1981-7746-sip00126 >. Acesso em: 10 dez., 2017.

HUANG, W.; WANG, P.; WU, Q. A correlation comparison between Altmetric Attention Scores and citations for six PLOS journals. PLoS ONE, v. 14, n. 4, e0194962, 2018. Disponível em: <https://doi.org/10.1371/journal.pone.0194962>. Acesso em: 10 fev., 2019.

PARK, H.; PARK, H. W. Research evaluation of Asian countries using altmetrics: comparing South Korea, Japan, Taiwan, Singapore, and China. Scientometrics, v. 117, n. 2, p. 771-788, November 2018. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1007/s11192-018-2884-6 >. Acesso em: 21 set., 2018.

PERLIN, M. S.. Package GetLattesData: downloading and reading bibliometric data from Lattes. Set., 2017. Disponível em: <https://msperlin.github.io/2017-09-04-Package-GetLattesData/ >. Acesso em: 3 nov., 2017.

PRIEM, J.; PIWOWAR, H. A.; HEMMINGER, B. M. Altmetrics in the wild: Using social media to explore scholarly impact. ArXiv.org. 2012. Disponível em: <http://arxiv.org/abs/1203.4745 >. Acesso em 03 dez., 2017.

PRIEM, J. et al. Altmetrics: a manifesto. Out. 2010. Disponível em: <http://altmetrics.org/manifesto >. Acesso em: 16 ago. 2016.

THELWALL, M.; MAFLAHI, N. Are scholarly articles disproportionately read in their own country? An analysis of Mendeley readers. Journal of the Association for Information Science and Technology, v. 66, n. 6, p. 1124-1135, June 2015. Disponível em: <https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1002/asi.23252> Acesso em: 21 set. 2018.

TRAVIESO-RODRIGUEZ, C.; ARAÚJO, R. F. Indicadores altmétricos y de citación en la producción científica en ScienceOpen: estudio descriptivo para Brasil, España y Portugal. Bibliotecas Anales de investigación, v. 14, p. 124-137, 2018. Disponível em: <http://revistas.bnjm.cu/index.php/anales/article/view/4244/3897 > Acesso em: 21 set. 2018.

WAINER, J.; VIEIRA, P. Avaliação de bolsas de produtividade em pesquisa do CNPq e medidas bibliométricas: correlações para todas as grandes áreas. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 18, n. 2, p. 60-78, jun., 2013. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/S1413-99362013000200005 >. Acesso em 22 nov., 2017.

WANG, X. et al. The poor altmetric performance of publications authored by researchers in mainland China. Frontiers in Research Metrics and Analytics, v. 1, n. 8, October 2016. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.3389/frma.2016.00008 >. Acesso em: 12 ago., 2018.

ZAHEDI, Z.; COSTAS, R.; WOUTERS, P. How well developed are altmetrics? A cross-disciplinary analysis of the presence of ‘alternative metrics’ in scientific publications. Scientometrics, v. 101, n. 2, p. 1491-1513, 2014. Disponível em: <https://doi.org/10.1007/s11192-014-1264-0 >. Acesso em: 12 ago., 2018.

Publicado
2019-09-13
Como Citar
AraujoR. F., & AlvesM. (2019). Indicadores altmétricos da produção de pesquisadores brasileiros: análise dos bolsistas de produtividade do CNPq. Revista Ibero-Americana De Ciência Da Informação, 12(3), 850-862. https://doi.org/10.26512/rici.v12.n3.2019.17203