A temática cultura informacional em teses e dissertações dos programas de pós-graduação brasileiros em Ciência da Informação

  • Cassia Dias Santos Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências, Departamento de Ciência da Informação, Marília, SP, Brasil
  • Marta Lígia Pomim Valentim Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências, Departamento de Ciência da Informação, Marília, SP, Brasil
Palavras-chave: Bibliometria. Ciência da Informação. Cultura informacional.

Resumo

Apresenta uma análise bibliométrica de teses e dissertações nacionais sobre a temática cultura informacional. Busca-se identificar as concepções e enfoques, os programas de pós-graduação e os autores mais influentes sobre esta temática. No intuito de mapear a produção científica sobre cultura informacional no escopo supracitado, o processo de busca ocorreu por meio da Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações, não sendo estabelecido um recorte cronológico. A partir da seleção e análise do material, obteve-se um total de 16 (dezesseis) trabalhos. A partir da análise, foi possível extrair as concepções e os enfoques metodológicos e temáticos adotados por cada autor. Os resultados evidenciaram que a cultura informacional se faz presente em uma variedade de estudos cujos interesses são distintos. Observa-se que as pesquisas de natureza qualitativa e descritivas exploratórias são predominantes no universo analisado, sendo oriundas de cinco universidades. A partir da análise de citação, os autores Davenport e Prusak se destacam entre os mais influentes.  Evidencia-se, também, que grande parte das teses e dissertações se apoiam em pesquisas desenvolvidas por pesquisadores provenientes do campo científico da Ciência da Informação. Considera-se que apesar de tardio, a cultura informacional nas teses e dissertações indicam certo esforço dos pesquisadores em contribuir com novas construções teóricas e metodológicas em torno desta temática. Contudo, este estudo reflete que no âmbito da Ciência da Informação brasileira, ainda, há poucos programas de pós-graduação incorporando esta temática como objeto de investigação, fator que consequentemente impacta na baixa produtividade científica sobre o tema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cassia Dias Santos, Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências, Departamento de Ciência da Informação, Marília, SP, Brasil

Doutora em Ciencia da Informação pela Unesp, em 2017.

Marta Lígia Pomim Valentim, Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências, Departamento de Ciência da Informação, Marília, SP, Brasil

Pós-Doutorado pela Universidad de Salamanca, Espanha, em 2011-2012. Livre Docente em Informação, Conhecimento e Inteligência Organizacional pela Unesp. Doutora em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), em 2001.

Referências

ALVES, A. Colaboração e compartilhamento da informação no ambiente organizacional. Belo Horizonte: 2011. 206 f. Dissertação (Mestrado) – Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), 2011. Disponível em: <http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/ECID-8LAKT7/dissertacao_alessandra_alves_final_2011.pdf?sequence=1>. Acesso em: 27 jul. 2017.

ALVES, C. O estilo do processo de informação gerado no ambiente de uma universidade pública: uma contribuição para a definição da cultura informacional. João Pessoa: 2014. 160 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal da Paraíba (UFPB), 2014. Disponível em: <http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/3961>. Acesso em: 27 jul. 2017.

ARÁUJO, S. S. S. de. Cultura informacional, representações sociais e educação à distância: um estudo de caso da EaD na UFMG. 2011. 239 f. Dissertação (Mestrado) - Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), 2011. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/ECIC-8LVJLK/araujo_2011_cultura_informacional.pdf?sequence=1>. Acesso em: 27 jul. 2017.

CAVALCANTE, L. de F. B. Gestão do comportamento informacional apoiada na cultura organizacional e em modelos mentais. 2010. 240 f. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Filosofia e Ciências - Universidade Estadual Paulista (Unesp), Marília, 2010. Disponível em: <https://www.marilia.unesp.br/Home/Pos-Graduacao/CienciadaInformacao/Dissertacoes/cavalcanti_lfb_me_mar.pdf>. Acesso em: 27 jul. 2017.

CHOO, C. W. et al. Information culture and information use: An exploratory study of organizations. Journal of the American Society for Information Science and Technology, v. 5, n. 59, p. 792-804, 2008.

CRUZ, R. do C. Cultura informacional e distinção: a orkutização sob o olhar social da Ciência da Informação. Belo Horizonte: 2014. 228 f. Tese (Doutorado) – Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), 2014. Disponível: <http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/BUBD-9RFMCQ/cultura_informacional_e_distin__o_defesa.pdf?sequence=1>. Acesso em: 27 jul. 2017.

CURRY, A.; MOORE, C. Assessing information culture: An exploratory model. International Journal of Information Management, n. 23, p. 91-110, 2003.

DAVENPORT, T. H.; PRUSAK, L. Ecologia da Informação: por que só a tecnologia não basta para o sucesso na era da informação. São Paulo: Futura, 1998. 316p.

DIAS, A. S. Estudo de governo eletrônico de Moçambique e do Estado de São Paulo - Brasil: uma discussão sobre as políticas. 2012. 244 f. Tese (Doutorado) - Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Belo Horizonte, 2012. Disponível em: <http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/ECIC-8UBJ6S/adelio_dias___estudo_de_governo_eletr_nico_de_mo_ambique_e_do_estado_de_s_o__paulo__brasil___uma_discuss_o_sobre_as_pol_ticas.pdf?sequence=1>. Acesso em: 27 jul. 2017.

FIALHO, J. F. A cultura informacional e a formação do jovem pesquisador brasileiro. 2009. 235 f. Tese (Doutorado) - Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, 2009. Disponível em: <http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/ECID-7VYQNZ/tese_finalmente.pdf?sequence=1>. Acesso em: 27 jul. 2017.

FORESTI, N. A. B. Contribuição das revistas brasileiras de biblioteconomia e ciência da informação enquanto fonte de referência para a pesquisa. Ciência da Informação, Brasília, v. 19, n. 1, p. 53-71, 1990. Disponível em: <http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/375/375>. Acesso em: 27 jul. 2017.

GARCIA, R. Ambientes e fluxos informacionais: modelo de diagnóstico de interferências (DIFI) sob a ótica dos valores culturais. 2012. 365 f. Tese (Doutorado) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Marília, 2012. Disponível em: <https://www.marilia.unesp.br/Home/Pos-Graduacao/CienciadaInformacao/Dissertacoes/Garcia_R_doutorado_CI_2012.pdf>. Acesso em: 27 jul. 2017.

GENDINA, N. The concept of a person's information culture: View from Russia. Disponível em: <https://halshs.archives-ouvertes.fr/sic_00359475/document>. Acesso em: 27 jul. 2017.

GINMAN, M. Information culture and business performance. Iatul Quartely, v. 2, n. 3, p. 93-106, 1987. Disponível em: <http://docs.lib.purdue.edu/cgi/viewcontent.cgi?article=1198&context=iatul>. Acesso em: 27 jul. 2017.

GRACIO, J. C. A. Preservação digital na gestão da informação: um modelo processual para as instituições de ensino superior. 2011. 223 f. Tese (Doutorado) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Marília, 2011. Disponível em: <https://www.marilia.unesp.br/Home/Pos-Graduacao/CienciadaInformacao/Dissertacoes/gracio_jca_do_mar.pdf>. Acesso em: 27 jul. 2017.

MACIAS-CHAPULA, C. A. O papel da informetria e da cienciometria e sua perspectiva nacional e internacional. Ciência da Informação, Brasília, v. 27, n. 2, 1998. Disponível em: <http://www.tce.sc.gov.br/files/file/biblioteca/o_papel_da_infometria.pdf>. Acesso em: 27 jul. 2017.

MARTELETO, R. M. Cultura informacional: construindo o objeto informação pelo emprego dos conceitos de imaginário, instituição e campo social. Ciência da Informação, Brasília, v. 24, n. 1, 1995. Disponível em: <http://revista.ibict.br/index.php/ciinf/article/viewFile/535/487>. Acesso em: 27 jul. 2017.

MARTINS, S. de C. Gestão da informação: estudo comparativo de modelos sob a ótica integrativa dos recursos de informação. 2014. 182 f. Dissertação (Mestrado) Universidade Federal Fluminense (UFF), Niterói, 2014. Disponível em: <http://www.ci.uff.br/ppgci/arquivos/Dissert/2014/DISSERTA%C3%87%C3%83O_SERGIO%20MARTINS.pdf>. Acesso em: 27 jul. 2017.

MORAES, L. B. de. Cultura informacional: proposta de integração conceitual e modelo com o foco organizacional. 2013. 200 f. Tese (Doutorado) - Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Belo Horizonte, 2013. Disponível em: <http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/ECIC-9E9EVA/tese_cultura_informacional_leonardo_b_de_moraes.pdf?sequence=1>. Acesso em: 27 jul. 2017.

OLIVER, G.; FOSCARINI, F. Records management and information culture: Tackling the people problem. 2014. Disponível em: <http://www.facetpublishing.co.uk/downloads/file/oliver&f-ch1.pdf>. Acesso em: 27 jul. 2017.

PIRES, D. C. G. B. Gestão da informação e do conhecimento e repositórios digitais: construindo um contexto para o surgimento das competências organizacionais. 2015. 141 f. Dissertação (Mestrado) - Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, 2015. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27151/tde-17112015-100104/>. Acesso em: 27 jul. 2017.

SILVA, J. M. O. da. A cultura informacional no processo de implementação da nova estrutura organizacional do sistema de bibliotecas da UFPB. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa, 2012. Disponível em: <http://tede.biblioteca.ufpb.br/bitstream/tede/3929/1/arquivototal.pdf>. Acesso em: 27 jul. 2017.

SILVA, A. K. A. LIMA, I. F., ARAÚJO, C. A. Á. Desvelando a interdisciplinaridade da ciência da informação: o enfoque dos alunos do PPGCI/UFMG. Ciência da Informação, v. 38, n. 1, p.31-44, 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-19652009000100002&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 30 abr. 2018.

SMITH, M. S. J. A cultura informacional como alicerce de gestão contábil nas pequenas e médias empresas. 2013. 256 f. Tese (Doutorado) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Marília, 2013. Disponível em: https://www.marilia.unesp.br/Home/Pos-Graduacao/CienciadaInformacao/Dissertacoes/Smith_Maria_Santana_Justo.pdf>. Acesso em: 27 jul. 2017.

TRAVICA, B. Information politics and information culture: a case study. Informing Science Journal, v. 8, 2005. Disponível: <http://www.inform.nu/Articles/Vol8/v8p211-244Travica.pdf>. Acesso em: 27 jul. 2017.

WIDÉN, G.; HANSEN, P. Managing collaborative information sharing: Bridging research on information culture and collaborative information behavior. Information Research, v. 17, n. 4, 2012. Disponível em: <http://www.informationr.net/ir/174/paper538.html#.UuJRetJTvMw>. Acesso em: 27 jul. 2017.

WOIDA, L. M. Análise dos elementos da cultura informacional para a construção de diretrizes no contexto da inteligência competitiva. 2013. 220 f. Tese (Doutorado) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Marília, 2013. Disponível em: <https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/103350/woida_lm_dr_mar.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 27 jul. 2017.

WOIDA, L. M. Cultura informacional voltada à inteligência competitiva organizacional no setor de calçados de São Paulo. 2008. 254 f. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Marília, 2008. <Https://www.marilia.unesp.br/Home/PosGraduacao/CienciadaInformacao/Dissertacoes/woida_lm_me_mar.pdf>. Acesso em: 27 jul. 2017.

WOIDA, L. M.; VALENTIM, M. L. P. Cultura organizacional/cultura informacional: a base do processo de inteligência competitiva organizacional. In: VALENTIM, M. L. P. (Org.). Informação, conhecimento e inteligência organizacional. 2. ed. Marília: Fundepe, 2006. p. 25-44.

YAN, D. Preliminary discussion on the corporate information culture construction in smile and medium-sized enterprises. In: INTERNATIONAL SMALL AND MEDIUM ENTERPRISE FORUM ON SME GROWTH AND SUSTAINABILITY, CONFERENCE, 2009. p. 637-645. Disponível em: <http://www.seiofbluemountain.com/upload/product/200911/2009zxqyhy07a2.pdf>. Acesso em: 27 jul. 2017.

Publicado
2018-08-14
Como Citar
SantosC. D., & ValentimM. L. P. (2018). A temática cultura informacional em teses e dissertações dos programas de pós-graduação brasileiros em Ciência da Informação. Revista Ibero-Americana De Ciência Da Informação, 12(1), 66-89. https://doi.org/10.26512/rici.v12.n1.2019.11512