O Twitter nas bibliotecas universitárias federais do Sul do Brasil: um estudo cibermétrico

  • Eduardo Silveira Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação, Florianópolis, SC, Brasil http://orcid.org/0000-0002-6491-6670
  • Raffaela Dayane Afonso Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação, Florianópolis, SC, Brasil
  • Marcio Matias Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação, Florianópolis, SC, Brasil http://orcid.org/0000-0002-4728-3592
Palavras-chave: Biblioteca universitária. Cibermetria. Twitter.

Resumo

Pretende-se, com este artigo, investigar o comportamento dos perfis das contas de Twitter das bibliotecas universitárias federais do sul do Brasil, com o aporte de um dos subcampos dos estudos métricos da informação. Para tanto, como fundamentação teórica tiveram pauta o ciberespaço, as mídias sociais, o Twitter e a cibermetria. A metodologia tem caráter descritivo e com abordagem no método quantitativo. Foram identificadas dez bibliotecas universitárias federais com o perfil na rede social Twitter. A partir de então, os perfis foram analisados quanto ao tempo de criação, à luminosidade, à visibilidade, ao fator de impacto e à disponibilidade de informação. Por meio de alguns resultados encontrados, percebeu-se que a maioria dos perfis tem em torno de sete anos de existência. Em relação ao fator de impacto, a maior incidência dos perfis detém fator baixo. O perfil da UFSC é o de maior destaque na pesquisa, além de ser o que mais disponibiliza informação aos seus seguidores. Constatou-se que a cibermetria contribui para medir, verificar e avaliar as informações dentro do ciberespaço e das mídias sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Silveira, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação, Florianópolis, SC, Brasil

Doutorando em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Santa Catarina (PGCIN-UFSC).

Raffaela Dayane Afonso, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação, Florianópolis, SC, Brasil

Doutoranda em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Santa Catarina (PGCIN-UFSC).

Marcio Matias, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação, Florianópolis, SC, Brasil

Docente no Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Santa Catarina (PGCIN-UFSC).

Referências

ALVES, Cláudio Diniz. Informação na Twitosfera. Revista Digital de Biblioteconomia & Ciência da Informação, Campinas, v. 9, n. 1, p. 92-105, jul./dez. 2011. Disponível em: <https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/1921>. Acesso em: 27 dez. 2017.

BJÖRNEBORN, Lennart. Small-world links structures across an academic web space: a library and information science approach. 2004. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Royal School of Library and Information Science, 2004. Disponível em: <http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.115.2353&rep=rep1&type=pdf>. Acesso em: 27 dez. 2017.

CAVALCANTI, Marcos; NEPOMUCENO, Carlos. O conhecimento em rede: como implantar projetos de inteligência coletiva. Rio de Janeiro: Campus, 2006.

CERVO, Amado Luiz; BERVIAN, Pedro Alcino, SILVA, Roberto da. Metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

E-MEC. Instituições de educação superior e cursos cadastrados. Disponível em: <http://emec.mec.gov.br/>. Acesso em: 27 dez. 2017.

FREIRE, Isa Maria. A consciência possível para uma ética da informação na sociedade em rede. In FREIRE, Gustavo Henrique de Araújo (Org.). Ética da informação. João Pessoa: Ideia, 2010. p. 78-105.

GONÇALVES, Hortência de Abreu. Manual de metodologia da pesquisa científica. São Paulo: Acercamp, 2005.

GOUVEIA, Fábio Castro. Altmetria: métricas de produção científica para além das citações. Liinc em revista, Rio de Janeiro, v. 9, n. 1, 2013. Disponível em: <http://revista.ibict.br/liinc/article/view/3434>. Acesso em: 27 dez. 2017.

LÉVY, Pierre. A conexão planetária: O mercado, o ciberespaço, a consciência. São Paulo: Ed. 34, 2001.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, 1999.

MATTELART, Armand. História da sociedade da informação. São Paulo: Edições Loyola, 2002.

MEDEIROS, Déborah; LUCAS, Elaine de Oliveira. Métricas digitais e o contexto científico. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 15., 2014, Belo Horizonte. Anais... Minas Gerais: UFMG, 2014. p. 3359 - 3375. Disponível em: <http://enancib2014.eci.ufmg.br/documentos/anais/anais-gt7>. Acesso em: 27 dez. 2017.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. Construção de indicadores qualitativos para avaliação da mudança. Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro, v. 33 n.1 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbem/v33s1/a09v33s1.pdf>. Acesso em: 27 dez. 2017.

MONTEIRO, Silvana Drumond. O Ciberespaço: o termo, a definição e o conceito. DataGramaZero, Rio de Janeiro, v. 8, n. 3, jun. 2007. Disponível em: <http://www.brapci.inf.br/index.php/article/download/7547>. Acesso em: 27 dez. 2017.

MONTEIRO, Silvana Drumond; ABREU, Joel Gomes de. O pós-moderno e a organização do conhecimento no ciberespaço: agenciamentos maquínicos. DataGramaZero, Rio de Janeiro, v. 10, n. 6, p. 1-11, dez. 2009.

ODDONE, Nanci Elizabeth; LOUREIRO, Maria Lucia de Niemeyer Matheus; CAMPOS, Maria Luiza de Almeida; CAVALCANTI, Ilce Gonçalves Milet; SOUZA, Joice Cleide Cardoso Ennes de; SANTOS, Paula Xavier dos; MIRANDA, Rose Moreira de. Centros de Cálculo: a mobilização do mundo. Informare: Cadernos do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v. 6, n. 1, 2000. Disponível em: <http://www.brapci.ufpr.br/brapci/index.php/article/view/0000004221/f9c4453bb59628f7498023b6eddd1476>. Acesso em: 27 dez. 2017.

OLIVEIRA, Louise Anunciação Fonseca de. O uso das ferramentas web 2.0 na gestão de instituições arquivísticas nacionais de tradição ibérica: uma reflexão sobre a cultura. 2012. 260 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da informação) – Instituto de Ciência da Informação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2012.

OLIVEIRA, Walter Clayton de; VIDOTTI, Silvana Aparecida Borsetti Gregório; CABRAL, Fátima A. Notas sobre a dinâmica da sociocomunicação no ciberespaço. DataGramaZero, Rio de Janeiro, v. 6, n. 6, 2005. Disponível em: <http://basessibi.c3sl.ufpr.br/brapci/index.php/article/view/0000003570/5aa692425e748b655fec108b17ca88fb>. Acesso em: 27 dez. 2017.

SILVA, Felipe Kennedy da. Análise Cibermétrica dos Twitters das Universidades Federais do Nordeste do Brasil. 2011. 68 f. TCC (Graduação) - Curso de Biblioteconomia,

Departamento de Departamento de Biblioteconomia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011. Disponível em: <http://repositorio.ufrn.br:8080/monografias/bitstream/1/714/1/FelipeK_Monografia.pdf>. Acesso em: 27 dez. 2017.

TOMAÉL, Maria Inês. Mídias Sociais como fontes de informação. In: TOMAÉL, Maria Inês; ALCARÁ, Adriana Rosecler (org.). Fontes de informação digital. Londrina: EDUEL, 2016. cap. 6, p. 175-197.

TRZESNIAK, Piotr. Indicadores quantitativos: reflexões que antecedem seu estabelecimento. Ciência da Informação, Brasília, v. 27, n. 2, 1998. Disponível em: <http://revista.ibict.br/index.php/ciinf/article/view/797/725>. Acesso em: 27 dez. 2017.

TWITTER. About. Disponível em: <https://about.twitter.com/pt.html>. Acesso em: 27 dez. 2017.

TWITTER. Central de ajuda. Disponível em: <https://help.twitter.com/pt>. Acesso em: 27 dez. 2017.

VANTI, Nádia. Análise webométrica dos sítios acadêmicos Latino-Americanos em Ciências Sociais. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 8., 2007, Salvador. Anais... Salvador: UFBA, 2007. p. 1 - 15. Disponível em: <http://www.enancib.ppgci.ufba.br/artigos/GT7--081.pdf>. Acesso em: 27 dez. 2017.

VAZ, Paulo. Esperança e excesso. In: PARENTE, André (Org.). Tramas da rede. Porto Alegre: Sulina, 2004a. p. 189-208

VIEIRA, David Vernon. A adoção de redes sociais em bibliotecas universitárias espanholas: um estudo das aplicações dos recursos da web 2.0. 2013. 389 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Faculdade de Ciência da Informação, Universidade de Brasília, Brasília, 2013.

WERTHEIM, Margaret. Uma história do espaço de Dante a Internet. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

Publicado
2018-08-04
Como Citar
SilveiraE., AfonsoR. D., & MatiasM. (2018). O Twitter nas bibliotecas universitárias federais do Sul do Brasil: um estudo cibermétrico. Revista Ibero-Americana De Ciência Da Informação, 12(1), 4-21. https://doi.org/10.26512/rici.v12.n1.2019.11153