A retrospective listening through archival material

  • Marie-France Mifune Musée de l'Homme National Museum of Natural History (MNHN), Paris
Palavras-chave: Etnomusicologia, arquivos no campo, escuta retrospectiva, Gabão

Resumo

Este artigo questiona o uso de arquivos etnomusicológicos no campo. Como a percepção e a interpretação de arquivos por músicos contemporâneos nos fornecem informações etnográficas, musicológicas e socioculturais sobre ambas as práticas musicais histórica e contemporânea? Este trabalho preliminar pretende envolver músicos gaboneses na interpretação dos arquivos e no uso futuro de arquivos na prática musical. Baseia-se em dois exemplos de audição retrospectiva: a primeira é sobre a percepção de Yannick a respeito de sua própria execução gravada há dez anos, e a segunda é sobre a percepção de três músicos Fang sobre a execução de outros músicos Fang gravados há 50 anos por Pierre Sallée. Os arquivos etnomusicológicos carregam micro-história, traços de execuções e períodos de tempo que podem ter sido esquecidos há tempos. Revisitar e retornar gravações em um contexto científico permite ao pesquisador introduzir novas perspectivas e tópicos de pesquisa sobre a historicidade das práticas musicais de tradição oral, bem como as percepções e interpretações dos músicos sobre execuções musicais. A realização de uma audição retrospectiva no campo com músicos nos permite enriquecer o material arquivístico com dados etnográficos, estudar a transformação das práticas musicais ao longo do tempo e definir melhor os critérios que os músicos usam para ouvir e caracterizar o desempenho de um músico.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-11-24
Como Citar
Mifune, Marie-France. 2017. A Retrospective Listening through Archival Material. Música Em Contexto 1 (novembro), 203-17. http://periodicos.unb.br/index.php/Musica/article/view/11134.
Seção
Artigos Científicos - linha C