O O Consumo Cultural de Jovens na Cultura Hallyu

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Aline Gomes Santana
Salett Tauk Santos

Resumo

O artigo investiga o processo de hibridização cultural vivenciado por jovens universitários no consumo da cultura de origem sul-coreana denominado hallyu. A perspectiva teórica correlaciona a teoria de hibridização discutida por García Canclini, com as ideias de Bauman sobre modernidade; e o perfil da juventude contemporânea proposto por Martín-Barbero. A partir da observação do comportamento dos jovens, em suas interações sociais no campo real e virtual e suas manifestações de consumo, buscamos compreender porque estes indivíduos, ancorados nas tecnologias da informação e comunicação - TICs, buscam referências na hallyu, para reconverter suas práticas culturais orientando suas identidades. A abordagem metodológica utiliza, além de pesquisa bibliográfica, técnicas de observação direta, entrevista semiestruturada e a netnografia para coletar informações nos sites e redes sociais, visto ser a internet um espaço de interação privilegiado pelos indivíduos observados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SantanaA. G., & SantosS. T. (2019). O O Consumo Cultural de Jovens na Cultura Hallyu. Arquivos Do CMD, 6(2), 31-44. https://doi.org/10.26512/cmd.v6i2.22455
Seção
Artigos de Dossiês